PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos


A Agrolex II Rações foi eleita a empresa do ano 2011 do concelho do Cartaxo durante a ExpoCartaxo, o certame anual dedicado ao tecido empresarial promovido pela Câmara Municipal e pela Nersant, que elegeu ainda José Lucas Rafael como o Empresário do Ano.

A qualidade das suas rações, a capacidade de produção instalada e a inovação foram alguns dos factores que levaram a associação empresarial a escolher a Agrolex para receber o Prémio Prestígio 2011, que foi entregue aos representantes da empresa, José Manuel Maria e Luís Filipe Antunes, durante um jantar realizado na sexta-feira, 2 de Novembro, o dia que a ExpoCartaxo dedicou às empresas.

José Lucas Rafael recebeu o galardão referente ao Empresário do Ano pelo seu percurso profissional ligado à Electro Rápida, empresa que conta já com 51 anos de existência. Chegado ao Cartaxo em 1976, após ter vindo de Angola, o homenageado começou desde logo a trabalhar na primeira oficina da cidade a operar em ar condicionados automóvel, e a ter máquinas de diagnóstico e analisador de gases, onde José Lucas Rafael reparava tudo que fosse eléctrico, inclusive maquinas de lavar roupa e louça.

Certame mostrou empresas de sucesso

Inserido no programa oficial da ExpoCartaxo, uma mostra que tem precisamente como objectivo a promoção dos produtos e serviços das empresas do concelho, a Nersant realizou ainda na sexta-feira o dia aberto às empresas, com visitas à Compometal, Componentes Metálicos, Lda., e à Green Apple, Home Style.

Situada em Casais da Lapa, a Compometal foi fundada em 1993 conta com uma larga experiência na área da metalomecânica, dedicando-se sobretudo à produção de componentes metálicos essencialmente para a indústria automóvel.

Segundo o fundador e sócio-gerente, Damásio Santos, a empresa fabrica anualmente "cerca de um milhão de peças, entre calços, disparadores, patilhas, suspensões, braçadeiras, separadores em tubo e chapa, entre outros", e tem planos para crescer ainda mais, estando a projectar o aumento da sua área de produção.

Após a visita à Compometal, a comitiva, composta por elementos da direcção da Nersant, da autarquia, entidades bancárias, outros empresários e forças de segurança, seguiu para o Cartaxo, para conhecer a Green Apple, que se dedica ao comércio de artigos de decoração e de florista para o mercado grossista.

Criada em abril de 2005 por Sérgio Rebola e Rute Martins, a empresa tem vindo, gradualmente, a ganhar quota de mercado em Portugal, Espanha e Angola, estando nos seus objectivos alargar a rede de clientes no estrangeiro e aumentar as exportações.

Após a visita às duas empresas, a delegação e os empresários dirigiram-se para o auditório da Quinta das Pratas, onde assistiram a um seminário sobre as oportunidades de financiamento internacional, que apresentou as últimas oportunidades de candidatura ao 7.º Programa Quadro.


Os problemas causados pela presença de manganês na água que serve a população da Barrosa, no concelho de Benavente, deverão ficar resolvidos durante o primeiro trimestre de 2013, segundo a Águas do Ribatejo, que está a investir cerca de 200 mil euros na melhoria da qualidade do abastecimento.

A garantia foi dada pelo próprio director-geral da empresa intermunicipal, Moura de Campos, numa reunião que juntou todo o executivo da Junta da Barrosa, o vereador com o pelouro do ambiente da Câmara de Benavente, Manuel dos Santos, e cerca de 30 populares, que visitaram as obras de construção da estação de tratamento de água (ETA) junto ao reservatório que serve a freguesia.

Além de ter mostrado os novos equipamentos que vão filtrar a água após a sua captação, Moura de Campos explicou ainda que a Águas do Ribatejo vai realizar uma operação de limpeza e higienização do reservatório e das condutas antes da sua entrada em funcionamento, e que vão ainda ser colocadas válvulas de seccionamento na rede, o que ajuda a minimizar os impactos dos cortes no abastecimento sempre que forem feitas intervenções.

Aproveitando a oportunidade para esclarecer várias questões relativas às taxas indexadas ao consumo da água e aos valores que aparecem nas facturas, a presidente da Junta de Freguesia da Barrosa, Fátima Machacaz, considerou a reunião esclarecedora, mas garantiu que o executivo que lidera e a população vão ficar atentos à evolução dos trabalhos.


Nos primeiros nove meses de 2012, os Vinhos do Tejo cresceram 7,5% em termos de exportações no mercado extra-comunitário, números que vêm consolidar a tendência de crescimento verificada o ano passado, em que registaram um crescimento de 27% em termos globais.

Segundo dados revelados pela Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo), os mercados estratégicos dos EUA, China, Brasil e Rússia ocupam os lugares cimeiros da lista dos países que mais apreciam os vinhos ribatejanos, sendo Angola o país que lidera em termos de vendas extra-comunitárias, totalizando mais de 53% do volume total de exportações da CVR Tejo neste sector

Nos EUA e na Russia, onde a CVR Tejo apostou fortemente este ano, as vendas registaram um crescimento de 165% e 90%, respectivamente, o que significa que estes dois mercados receberam mais de 1,94 milhões de litros de vinho da região, superando assim os cerca de 1,8 milhões de litros registados em 2011.

Na Europa, a Alemanha, que se mantém como um dos principais mercados ao nível das exportações, registou um crescimento de 1.461% face a 2011, mas a Suécia, o Reino Unido e a França mantêm-se como os países que mais contribuíram para a venda de vinhos do Tejo no mercado europeu.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

PUB

promo almeirim

Quem está Online?

Temos 702 visitantes e 0 membros em linha