PUB

chamusca paulo betti

PUB

cms generico

“Inaugurar quatro ETAR’s num só dia deve ser um caso muito pouco comum no país”, comentou o presidente do conselho de administração da Águas do Ribatejo, José Sousa Gomes, durante a inauguração oficial da ETAR de Paço dos Negros, concelho de Almeirim.

Esta foi a terceira cerimónia realizada pela empresa intermunicipal, que reservou a manhã de sexta-feira, 20 de Abril, para as inaugurações das ETAR’s de Santo Estêvão e da Barrosa, no concelho de Benavente, onde esteve presente o secretário de Estado do Ambiente e Ordenamento do Território, Pedro Afonso de Paula.

À tarde, já sem o representante do governo, a comitiva seguiu para Paço dos Negros e terminou a jornada em Santana do Mato, Coruche, numa festa popular com música e porco assado no espeto, oferecido pela Junta de Freguesia.

No total, os quatro equipamentos custaram cerca de 2,7 milhões de euros. A ETAR e sistema elevatório de Paço dos Negros foi o investimento mais avultado, de aproximadamente 1,2 milhões de euros, até porque foi projectado para receber os efluentes do estabelecimento prisional que o anterior governo pretendeu construir na Herdade dos Gagos, a poucas centenas de metros do equipamento.

“Ainda não perdemos a esperança que o governo mude de ideias e construa aqui a prisão, que seria sem dúvida um pólo de desenvolvimento para toda esta região”, disse o presidente da Junta de Freguesia de Fazendas de Almeirim, Manuel Bastos Martins, que se disse “orgulhoso” por ter a oportunidade de inaugurar esta obra. “Hoje, é imprescindível que as populações tenham acesso ao saneamento básico e é isso que estamos aqui a garantir, com um equipamento que está preparado para o crescimento e desenvolvimento desta zona da freguesia”, afirmou o autarca.

131 milhões de investimentos entre 2008 e 2015

A empresa intermunicipal aproveitou ainda o dia para apresentar um plano de investimentos de cerca de 131 milhões de euros nos sete municípios que a compões, até 2015.

Depois de uma primeira fase concluída em Dezembro de 2011 em que investiu 43 milhões de euros nos sistemas de abastecimento de água e de saneamento básico, está em curso a segunda fase do plano, que prevê um investimento na ordem dos 42 milhões de euros até Dezembro deste ano, e que vai com uma taxa de execução de 35%.

A 3ª fase do plano de investimentos da Águas do Ribatejo, no valor de 29 milhões de euros, tem a sua conclusão prevista para o final de 2013, a que se somam 16 milhões de euros até 2015, em investimentos de menor dimensão.

Com este plano, a empresa propõe-se a assegurar uma taxa de cobertura de saneamento na ordem dos 90% até 2015, e a dispor de uma capacidade de reserva de água de 2 dias, o que significa mais do que o dobro da capacidade existente inicialmente.

A Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) - com o apoio da União Europeia, que vai assumir, na íntegra, o financiamento do seguro - vai proteger a produção de 2012 de 150 viticultores da região.

O seguro colectivo de colheitas, no valor de 6,4 milhões de euros, é uma alternativa ao “Sistema integrado de protecção contra as aleatoriedades climáticas”, e liberta o Estado português dos encargos inerentes à operação.

Com o novo seguro colectivo de colheitas, a cobertura de riscos será mais abrangente e ajustada às necessidades dos produtores, sendo concedida total flexibilidade às relações contratuais entre estes e as empresas de seguros, com o objectivo de alcançar contratos mais ajustados às necessidades e condições de risco de cada produtor.

 “A negociação com a Comissão Europeia e a inclusão desta iniciativa no pacote da Organização Comum do Mercado Vitivinícola permite, em simultâneo, proporcionar uma considerável poupança ao Estado, bem como segurar 23 milhões de quilos de uva, o equivalente a 43% do que a região do Tejo produz anualmente”, refere José Pinto Gaspar, presidente da CVR Tejo.

A assinatura do seguro colectivo de colheitas terá lugar no dia 20 de Abril, sexta-feira, nas instalações da CVR Tejo, em Santarém, às 09h30 contará com a presença de José Diogo Albuquerque, Secretário de Estado da Agricultura, de Frederico Falcão, Presidente do Instituto da Vinha e do Vinho (IVV), de José Pinto Gaspar, Presidente da CVR Tejo e de Lino Afonso, da CA Seguros.

Os 68 vinhos inscritos no XXVIII concurso de vinhos do concelho do Cartaxo e XIII concurso de vinhos do Tejo “O Melhor Vinho na Produção” – colheita de 2011/2012 já foram apreciados e classificados pelo júri, que se reuniu no centro de promoção vitivinícola do Museu Rural e do Vinho.

Com 40 tintos e 28 brancos colocados à prova, o número de participantes é ligeiramente inferior ao do ano passado, mas o painel de enólogos sublinhou que o patamar de qualidade é bastante elevado.

 “Não atingimos os valores do ano passado, mas foi acima das previsões que tínhamos, porque no início a adesão estava a ser baixa. Acabou por superar as nossas expectativas a meio da recolha de amostras, dado o aumento significativo de adesões”, referiu Sérgio Oliveira, enólogo da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) e presidente do júri deste concurso que visa premiar os melhores néctares produzidos no concelho e na região do Tejo.

Os vencedores serão conhecidos e premiados durante a Festa do Vinho 2012, que decorre de 27 de Abril a 1 de Maio, no Cartaxo.

 “Temos um lote excelente de provadores, como tem sido habitual nos últimos anos, e todos eles afinaram por um padrão relativamente alto na avaliação dos vinhos”, continuou o enólogo, para quem é já hábito “colocar os vinhos da região e do concelho num patamar alto”.

O crescimento do sector, a conquista de novos mercados e os prémios conquistados no estrangeiro são para Sérgio Oliveira reveladores da excelência dos vinhos nacionais, em especial da região Tejo. “Esta é a região que mais se distinguiu ao nível do volume de vendas e que também subiu muito em termos de valor, para o mercado global, desde África, Escandinávia ou China”, salientou. 

Mais artigos...

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

Quem está Online?

Temos 384 visitantes e 0 membros em linha