PUB

chamusca covid

PUB

cms fiqueemcasa

A empresa municipal Águas de Santarém alerta os seus clientes contra uma “entidade exerna” que está a contactar os seus clientes para proceder a um questionário de satisfação da prestação de serviço e, posteriormente, para marcar uma visita a casa para se proceder a uma recolha de água, para analisar os seus parâmetros de qualidade.

Em comunicado, a Águas de Santarém E.M., refere que não solicitou “este tipo de inquéritos, e muito menos recolhas de água para análise, a outra entidade”. Acrescenta que “a água que é distribuída é obrigatoriamente controlada por análises rigorosas efetuadas de acordo com o Decreto-Lei n.º 306/2007, de 28 de agosto, que rege a qualidade da água destinada ao consumo humano”.

Ainda segundo a Águas de Santarém, o plano de controlo da qualidade da água é elaborado e apresentado anualmente à Entidade Reguladora para aprovação e posterior execução. “A recolha das amostras e respetivas análises são efetuadas por laboratório acreditado pelo Instituto Português da Qualidade”, pode ler-se no comunicado.

A empresa responsável pelo abastecimento de água e saneamento no concelho de Santarém foi alertada para esta fraude por informações de alguns clientes, que referem que a dita entidade diz-se ao serviço da Águas de Santarém, situação que a empresa nega categoricamente.

Este tipo de situação é muitas vezes utilizado por empresas de venda de sistemas de filtragem de água, que assim tentam ter acesso mais fácil à casa dos clientes.


A Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior (TAGUS) vai realizar quatro sessões de esclarecimento em relação a fundos comunitários que estão disponíveis através do Programa de Desenvolvimento Rural (ProDeR) de 2012, e que totalizam cerca de 3 milhões de euros para apoiar projectos de investimento nos concelhos de Abrantes, Constância e Sardoal.

As sessões de apresentação vão decorrer entre os dias 23 e 26 de Julho, sempre às 18 horas, no edifício INOV.POINT, no Tecnopolo do Vale do Tejo, em Abrantes. Segundo uma nota de imprensa da TAGUS, a primeira será dedicada aos grupos etnográficos e às associações culturais, sociais e desportivas.

No dia 24, será a vez dos agricultores, seguindo-se os comerciantes e empresas de prestação de serviços no dia seguinte, e os empresários no dia 26, a fechar o ciclo de sessões de esclarecimento.

Esta acção da TAGUS surge na sequência do lançamento do novo aviso de abertura de concurso aos apoios comunitários, que foi feito no passado dia 12 de Julho, nos Claustros do Convento de S. Domingos, em Abrantes. As candidaturas arrancaram no dia 16 e estão abertas até dia 17 de Setembro.

Segundo Pedro Saraiva, o coordenador técnico da TAGUS, os cerca de três milhões de euros estão disponíveis para apoiar microempresas e associações que tenham “projectos inovadores e revitalizadores do mundo rural, e que tragam novos, mais e melhores serviços à população e mais emprego à região”

O ProDer pode trazer à região um investimento total de mais 5 milhões de euros, explica a TAGUS, que prevê que, no concurso deste ano, surjam entre sete a 10 novas empresas, e um apoio concreto para outros 20 a 30 projectos empresariais.


A nova estação de tratamento de água de Salvaterra de Magos vai entrar em funcionamento no primeiro trimestre de 2013, devendo as obras de construção arrancar ainda durante este Verão.

A informação é da Águas do Ribatejo, que adianta que decorrem neste momento a fase de entrega das propostas por parte das empresas que concorreram ao concurso público internacional lançado no passado dia 21 de Junho.

A obra, que será incluída na empreitada para o subsistema de abastecimento de água de Salvaterra de Magos e Foros de Salvaterra, tem um preço base de 2 milhões de euros, financiados pela União Europeia ao abrigo do Programa Operacional Temático de Valorização do Território (POVT).

Neste concelho, “o valor das candidaturas aprovadas, para concluir até 2015, ascendem a 15 Milhões de Euros, estando já concluídos mais de 50% dos investimentos previstos”, adianta a empresa intermunicipal que geres os sistemas de abastecimento de água e saneamento básico nos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Chamusca, Benavente, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas.

Segundo a mesma nota, durante o primeiro semestre de 2013, vão entrar em funcionamento as estações de tratamento de água da Barrosa, Benavente, Alpiarça, Almeirim/Benfica do Ribatejo e Chamusca, que ainda está em fase de projecto.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 1165 visitantes e 0 membros em linha