PUB

chamusca variacoes

PUB

cms generico


Depois de um périplo de duas horas e de algumas trocas de palavras com vários produtores e expositores presentes na Feira Nacional da Agricultura, Cavaco Silva mostrou-se “muito satisfeito por constatar que os agricultores estão a dar um contributo muito positivo para vencer a crise”.

“Vi em Santarém muitos bons exemplos de como se deve trabalhar para contrariar as tendências negativas da economia”, disse o chefe de Estado, que inaugurou oficialmente o certame no sábado, 2 de Junho.

Em jeito de balanço, o Presidente da República sublinhou com entusiasmo o facto de os números indicarem que o deficit da balança externa alimentar de Portugal está efectivamente a diminuir.

“Estamos a produzir mais e a exportar mais, sendo esse o caminho que devemos seguir”, afirmou, dando como exemplos os recordes que se bateram nas exportações de frutas, produtos hortícolas e dos vinhos.

Cavaco Silva elegeu o combate ao desemprego como a grande prioridade para o país, citando os números divulgados pelo INE na semana passada, e que indicam uma taxa de 14,9%, agravada pelo facto de 35% dos jovens com menos de 25 anos não conseguir arranjar emprego em Portugal.

“Temos de concentrar todas as nossas energias na mobilização dos portugueses para o crescimento da economia e da criação de riqueza”, afirmou o chefe de Estado, elogiando o sector agrícola pelo seu desempenho. O facto do número de jovens agricultores ter vindo a aumentar também não passou despercebido a Cavaco Silva, para quem este “regresso à terra” pode ser uma aposta para combater o desemprego.

Em apenas uma semana, os vinhos do Tejo receberam mais 50 medalhas. As distinções foram atribuídas no âmbito das edições de 2012 dos concursos internacionais ‘Decanter World Wine Awards’ e ‘International Wine Challenge’ e ainda do Concurso Nacional de Vinhos.

Entre os vinhos premiados destaque para o Catapereiro Escolha Branco 2011, produzido pela Companhia das Lezírias, que obteve especial destaque, ao ter conquistado uma medalha de prestígio, no âmbito do Concurso Nacional de Vinhos, disputado em Santarém, entre 14 e 17 de Maio.

Nesta competição, em que mais de 300 provadores avaliaram, em regime de prova cega, 640 amostras de vinhos, provenientes de cerca de 250 produtores nacionais, os Vinhos do Tejo arrecadaram ainda uma medalha de ouro, atribuída ao Companhia das Lezírias Reserva Tinto 2008, produzido na Companhia das Lezírias, e sete galardões de prata.

Do ‘International Wine Challenge’, considerado um dos mais exigentes e influentes concursos vínicos do mundo, os Vinhos do Tejo trouxeram um total de 25 medalhas – 10 de prata e 15 de bronze – e ainda 19 galardões de mérito.

Disputada em Londres, a edição de 2012 desta prova colocou em competição mais de 15 mil vinhos, de mais de 50 países. 

Ainda em Londres, mas já no âmbito do ‘Decanter World Wine Awards’, competição decorrida no final de Abril e que pertence também ao lote das mais prestigiadas no plano internacional, os Vinhos da região do Tejo enfrentaram a concorrência de perto de 14 mil vinhos, oriundos de 47 países.

Do saldo da participação dos Vinhos do Tejo, resultou a conquista de mais 16 medalhas, das quais 7 foram de prata e 9 de bronze, bem como 13 galardões de mérito.

A equipa da Mitsubishi, com sede em Tramagal (Abrantes), venceu a edição de 2012 do Challenger da Associação Empresarial da região de Santarém (Nersant), que este ano se realizou nos dias 25 e 26 de Maio sob o lema “Viver o Tejo”.

A competição, composta por diversas provas de desporto aventura, teve como objectivo cimentar as relações profissionais entre os colaboradores das empresas da região, através da realização de diversas actividades que promovem o espírito de equipa, a liderança, e a gestão do tempo, valores essenciais ao mundo dos negócios.

Disputado nos concelhos de Abrantes, Constância e Vila Nova da Barquinha, o Challenger Nersant reuniu, em diversos pontos do rio Tejo colaboradores de 20 empresas da região, que, em equipas compostas por 5 elementos, responderam aos desafios propostos pela organização.

Orientação em sprint cujo objectivo final foi a construção da “aldeia aventura”, onde as equipas ficaram instaladas, foi a primeira prova do evento, seguindo-se diversos desafios aventura como caminhada e canoagem nocturna, com diversos pontos de controlo cujos desafios eram compostos por provas gastronómicas “às cegas”. A prova incluiu ainda actividades semelhantes aos “Jogos sem Fronteiras” e corridas de karting e moto4.

Após a Mitsubishi, que foi a grande vencedora, seguiram-se na classificação a empresa Carmóvel, de Santarém, e a MomSteelPor, de Abrantes. Joaquim Emídio, da equipa do jornal O Mirante, recebeu o prémio para o Concorrente Menos Jovem, enquanto a Melhor Equipa Feminina foi a Escola Profissional Vale do Tejo (Santarém). O prémio

Fair Play, que resultou da votação de todas as equipas, foi para a COMTEMP – Companhia dos Temperos, do Entroncamento.

Mais artigos...

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

Quem está Online?

Temos 593 visitantes e 0 membros em linha