Economia

A Martifer, um grupo industrial multinacional com mais de três mil colaboradores e atividade centrada nos setores da construção metálica e da energia solar, anunciou esta quinta-feira, 26 de janeiro, que vai encerrar a unidade fabril de Benavente, que emprega cerca de 120 trabalhadores.

O encerramento terá efeitos a partir de agosto deste ano e a empresa apresentou aos trabalhadores a possibilidade de irem trabalhar para outras unidades do grupo em Portugal, caso de Oliveira de Frades (distrito de Viseu) ou no estrangeiro (Polónia, Roménia, Angola e Brasil).

A Martifer justifica o encerramento com os prejuízos acumulados nos últimos tempos. Segundo fonte da empresa, nos primeiros nove meses de 2011 a Martifer Construções registou prejuízos que ascenderam a 31 milhões de euros.

O encerramento da Martifer em Benavente é a terceira machadada na taxa de emprego do distrito, que este ano já viu ser anunciado o encerramento da fábrica da Unicer, em Santarém, e a Tegael, em Coruche. Ao todo, só nestes três casos, vai desaparecer mais de meio milhar de postos de trabalho.