PUB

chamusca natal
Slide thumbnail

PUB

cimt slideshow

PUB

reino natal

PUB

elgalego 2019

Economia

“Estou profundamente chocado e decepcionado com esta triste notícia”, disse o presidente da Câmara Municipal de Santarém, Moita Flores, após uma reunião ao final da tarde de quinta-feira, 11 de Janeiro, com Pires de Lima, administrador executivo da Unicer, que anunciou o encerramento da sua fábrica de produção de cerveja em Santarém para Março de 2013.

“A Unicer terá os seus critérios de gestão próprios e bem definidos, mas não estamos a falar de uma empresa que está a registar prejuízos ou sentir os efeitos da crise”, disse o autarca, explicando que foi “totalmente apanhado de surpresa”.

“A Unicer pediu-nos ontem uma reunião, mas eu nunca imaginei que fosse para isto”, acrescentou Moita Flores, para quem “pelo menos, encerram apenas a parte da produção da cerveja, mantendo-se a refrigeração e a logística”.

Segundo os números que foram transmitidos ao autarca por Pires de Lima, “isso significa uma quebra no emprego na ordem dos 50%, o que já de si é muito mau”.

No final do encontro com o presidente da Câmara, nos paços do concelho, Pires de Lima escusou-se a prestar declarações.

Segundo um comunicado da própria empresa, o encerramento da unidade de produção de cervejas, comunicado poucas horas pela administração numa reunião geral que apanhou de surpresa todos os trabalhadores, vai afectar directamente 133 funcionários, na sua maioria pertencentes aos quadros.

A Unicer anunciou também que pretende reintegrar os funcionários da fábrica de Santarém em outros centros de produção, mais concretamente em Leça do Balio, onde serão centralizadas a produção e o enchimento de cerveja. "A Unicer estima poder disponibilizar cerca de 60 lugares e considerará todas as candidaturas que surgirem neste sentido", salienta o comunicado. Para os restantes trabalhadores, o grupo vai criar um “programa de apoio que integra uma compensação acima da definida legalmente e contempla um programa de «outplacement» e formação focados na empregabilidade".

Segundo a empresa, o encerramento da unidade fabril insere-se num “processo de reorganização industrial que supõe um investimento de 80 milhões de euros” na consolidação da operação de cervejas em Leça do Balio. Visa optimizar "a infra-estrutura industrial da empresa na área das cervejas" e é "indispensável para a eficiência e competitividade" e para a manutenção de mais de 1400 postos de trabalho directos, salienta.

Em Santarém, vai manter-se apenas a plataforma logística e a operação de refrigerantes.

A Unicer é a maior empresa do sector das bebidas em Portugal e alavanca a sua actividade nos negócios das cervejas e das águas engarrafadas. É uma empresa de capital maioritariamente português, detida em 56% pelo Grupo VIACER (BPI, Arsopi e Violas) e em 44% pelo Grupo Carlsberg. Com cerca de 1500 colaboradores, a Unicer está presente de Norte a Sul do país com 13 estabelecimentos que incluem centros de produção de cerveja, de sumos e refrigerantes, e de vinhos; centros de captação e engarrafamento de água; vendas e operações.



PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

cmcartaxo natal

PUB

PUB

politeama rainhadaneve

Quem está Online?

Temos 454 visitantes e 0 membros em linha