PUB

chamusca covid continua

PUB

santarem embreve

Economia

Mais de 90% das 294 startup’s e pequenas empresas inquiridas pela Nersant registaram quedas na faturação, sendo que 75% sofreram quebras superiores a 70%.

Slide thumbnail

Os números foram divulgados pela associação empresarial ribatejana, que está a acompanhar a situação financeira das empresas nesta conjuntura de combate à pandemia do novo coronavírus, e que dá conta de uma realidade económica bastante dramática.
“Quando se questiona relativamente à atividade da empresa, 57,14% afirma que suspendeu a atividade e em 23,81% houve uma suspensão parcial”, explica a Nersant, acrescentando que, no que diz respeito ao recurso às linhas de crédito, 76,74% não equaciona esta solução, enquanto que 9,3% já recorreu.
“Daqui se pode deduzir que a fragilidade das empresas é grande, podendo estar a haver alguma relutância em correr mais riscos, num momento de grande incerteza”, considera a associação empresarial, para quem “estes dados são muito preocupantes, pois podemos estar perante uma perceção pouco objetiva do momento que se está a viver e o tempo que vai demorar a recuperar e normalizar a economia”.
Sobre o recurso ao lay-off simplificado, 90,48% destas empresas não o vai requerer, “pois a generalidade das empresas têm poucos recursos humanos na empresa, sendo que na sua maioria o sócio-gerente é o único trabalhador”, informa ainda a mesma nota da Nersant.



banner fiqueemcasa

 

PUB

PUB

PUB

  • jorge_malacas.jpg

PUB

rede regional banner contactos essenciais

PUB

promo almeirim

Quem está Online?

Temos 708 visitantes e 0 membros em linha