PUB

chamusca covid

PUB

cms pascoa

Economia

A empresa de refrigeração Marecos/Olitrem, situada em Tremês, está a expandir a área de produção e a apostar nas linhas de caves de vinho e de farmácia e na redução dos consumos energéticos.

Slide thumbnail

A uma semana de realizar a sua convenção anual, marcada para 4 a 6 de março, a onde vai reunir cerca de 400 clientes, o administrador da Olitrem, Armando Ferreira disse à agência Lusa que um dos grandes desafios da empresa é a redução “muito drástica” dos consumos energéticos dos equipamentos que fabrica, uma vez que a indústria do frio tem tido uma evolução astronómica.

Para se ter uma ideia, os equipamentos atuais consomem quase metade da energia do que consumiam há 3-4 anos, com as novas normas derivadas das exigências de preservação da camada de ozono a obrigarem a evoluir para novos gases.

Outro grande desafio para a empresa tem sido a aposta na refrigeração para a indústria farmacêutica, para a qual conseguiu conceber equipamentos, com um gás patenteado, que chegam a atingir os 90 graus negativos, salientou.

Em 2019, a Marecos/Olitrem, que conta com cerca de 190 colaboradores, teve uma faturação de 15 milhões de euros, prevendo este ano um crescimento de 5,5%, sendo que cerca de 70 por cento da produção se destina à exportação, com clientes em 25 países.

Com um novo pavilhão de 5.000 metros quadrados em construção, que se junta ao atual, com 20.000 metros quadrados, a empresa tem vindo também a investir na produção da sua própria energia, tendo terminado este mês a colocação de um teto solar com 1.780 painéis.



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 381 visitantes e 0 membros em linha