PUB

chamusca covid continua
Slide thumbnail

PUB

santarem embreve

Economia


A Águas do Ribatejo está a realizar os últimos ensaios para a colocação em funcionamento do subsistema de abastecimento de água no Couço, concelho de Coruche, depois de ter concluído as obras de renovação.

O investimento, segundo uma nota de imprensa da empresa intermunicipal, ascendeu aos 700 mil euros e inclui um novo reservatório, furos de captação e condutas para a ligação dos novos furos aos dois reservatórios que agora vão servir a freguesia.

“O sistema tem associado um gerador que vai assegurar o funcionamento em caso de falta de energia”, explica a Águas do Ribatejo, acrescentando que “está preparado para servir as populações em situações de emergência no âmbito da protecção civil”.

A capacidade de reserva fica superior a dois dias e a qualidade da água também será melhorada, “uma vez que as captações onde existiam algumas alterações dos valores paramétricos de alguns metais serão eliminadas”, diz a mesma nota.

2,4 milhões de euros de investimento na freguesia

A renovação do sistema de abastecimento de água vem juntar-se, segundo a empresa, ao novo sistema de águas residuais do Couço, Foros Lagoiços e Santa Justa, que já está a assegurar o tratamento dos esgotos “a mais de 90% da população da freguesia”.

Esta obra de 1,7 milhões de euros traduziu-se na construção de uma nova ETAR no Couço, emissários e quatro novas estações elevatórias que recolhem as águas residuais nestas três localidades.

O investimento teve uma comparticipação de 68% de fundos comunitários, tendo o restante sido “assumido pela empresa com recurso às receitas provenientes das facturas pagas pelos seus clientes”, num sistema que “está preparado para o previsível crescimento das populações residentes, influenciado pelo desenvolvimento previsto para o concelho de Coruche”, aduz a Águas do Ribatejo.

A empresa intermunicipal – que gere os sistemas de abastecimento de água e saneamento básico nos concelho de Almeirim, Alpiarça, Chamusca, Benavente, Salvaterra de Magos, Coruche e Torres Novas – saliente ainda que o investimento no Couço custou cerca de 800 euros por cada habitante. Isto porque a freguesia é uma das maiores do país em área territorial, com 346 quilómetros quadrados, e regista uma densidade populacional de oito habitantes/km2.



banner fiqueemcasa

 

PUB

PUB

PUB

  • jorge_malacas.jpg

PUB

rede regional banner contactos essenciais

PUB

promo almeirim

Quem está Online?

Temos 577 visitantes e 0 membros em linha