Economia

A “52-Fresh”, uma empresa de preparação e conservação de frutos e de produtos hortícolas, assina esta terça-feira, 25 de junho, às 9h00, um contrato com a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), que prevê investimentos de cerca de 50 milhões de euros e a criação de 183 postos de trabalho.

Slide thumbnail

Em causa está a construção de raiz de uma unidade para transformação de cenouras pequenas para exportação e o contrato com a AICEP insere-se no âmbito de programas de incentivos fiscais e financiamento, sendo que a cerimónia de assinatura contará com a presença do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias.
“Este é um dossier que tenho acompanhado e que tem mais de 4 anos. Algo que começou por ser apenas uma possibilidade. Um local entre vários países. Passo a passo fomos criando as condições para que o investimento fosse uma realidade. Para além dos empregos diretos esta unidade agroindustrial vai ser muito importante para a agricultura criando novos mercados e abrindo o leque a novas culturas diversificando assim a oferta”, explica o presidente da Câmara de Almeirim, Pedro Ribeiro.
O autarca recorda que há cerca de 2 anos anunciou um conjunto de investimentos “secretos”, uma vez que não podiam ser divulgados, revelando agora que dois deles já são públicos. A Sumol+Compal e agora a 52- Fresh.
“No total são cerca de 80 milhões de investimento e cerca de 250 novos postos de trabalho. O caminho faz-se caminhando, muitas vezes com muita reserva mas sempre a pensar que no futuro será possível ter mais e melhor qualidade de vida para todos”, conclui o autarca.