PUB

chamusca feira

PUB

insantarem

Economia

A abertura da nova Casa do Benfica de Santarém (CBS) vai permitir criar 22 a 26 novos postos de trabalho. Os números foram avançados esta sexta-feira, 22 de março, pelo diretor do departamento das Casas e Filiais do Sport Lisboa e Benfica, Jorge Jacinto, que apresentou o projeto a cerca de duas dezenas e meia de associados presentes na assembleia geral da CBS.

Segundo os dados revelados, a maior parte dos empregos diretos a criar serão no restaurante scack-bar 100 Montaditos, que vai recrutar 15 a 17 funcionários nesta primeira fase.

O Benfica Ativo, um projeto de centro de estudos e atividades de ocupação dos tempos livres de jovens e seniores, que funcionará de segunda a sábado sob a gestão da Tempos Brilhantes, irá contar com 5 a 6 colaboradores, enquanto a Store Benfica, que funcionará em conjunto com a Casa Campião, permitirá criar 2 a 3 postos de trabalho.

O projeto que o Benfica quer desenvolver na zona das atuais cafetarias devolutas do Jardim da Liberdade, em frente ao tribunal, prevê que 90% dos funcionários a recrutar sejam residentes em Santarém.

O cronograma de implementação do projeto prevê que o recrutamento comece cerca de 3 semanas após o começo das obras, que o clube encarnado espera se iniciem, no máximo, no início de abril, estando o arranque apenas dependente do parecer da Direção-Geral do Património Cultural (antigo IPPAR).

A nova Casa do Benfica de primeira geração será a primeira a ser construída em Portugal.

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Benfica quer nova casa de Santarém pronta em junho



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Quem está Online?

Temos 613 visitantes e 0 membros em linha