Economia

As empresas ribatejanas que em 2010 e 2011 participaram nas ações de internacionalização desenvolvidas pela Associação Empresarial da Região de Santarém aumentaram as suas exportações de 2 para 7 milhões de euros, o que dá um aumento de 5 milhões de euros no volume de exportações, o que equivale a um crescimento de mais de 250%.

Os dados foram revelados esta sexta-feira pela Nersant, que conclui assim que os números apresentados demonstram que as empresas ribatejanas estão a responder positivamente aos desafios da economia portuguesa, para além de confirmar que os produtos e serviços da região são competitivos no mercado global.

A internacionalização tem sido uma das estratégias desenvolvidas pela Nersant junto das empresas associadas, tendo organizado várias missões empresariais a mercados previamente definidos e estudados, bem como a receção de delegações estrangeiras, com vista à realização de parcerias e negócios.

Neste preciso momento, uma comitiva de empresários da região está no Brasil, onde já estabeleceu vários protocolos.