PUB

chamusca covid continua
Slide thumbnail

PUB

santarem embreve

O distrito de Santarém ficou esta segunda-feira, 18 de junho, sem árbitros na primeira categoria nacional. André Gralha, que era o único representante da região nos 25 melhores árbitros portugueses, ficou classificado no último lugar e vai por isso descer á segunda categoria, acompanhado por Rui Patrício e Hélder Malheiro.

André Gralha, de 36 anos, terminou a época com a média de 3,499, bem abaixo dos 3,814 de Pedro Proença, considerado o melhor árbitro da época 2011-2012. Olegário benquerença e Jorge Sousa foram segundo e terceiro classificados, respetivamente.

Esta é a segunda vez que André Gralha, árbitro desde a época 1994/95, desce de divisão. Antes, no final da época de 2002/03, em que tinha subido pela primeira vez à primeira categoria, acabou por descer à segunda categoria. Atualmente estava há quatro épocas entre os 25 melhores árbitros portugueses. Esta época arbitrou 11 jogos na Liga Zon/Sagres, 8 na Liga Orangina e 3 na Taça da Liga.

Na lista hoje divulgada pela federação Portuguesa de Futebol, Luís Ferreira, Renato Gonçalves e António Costa, por esta ordem, ocupam as três primeiras posições da segunda categoria, pelo que subirão ao escalão principal.
Entre os assistentes, Bertino Miranda foi o melhor, seguido de Luís Marcelino e João Ferreira dos Santos.

 

Nuno Vicente, Hugo Silva e Toni Pereira sobem de escalão

Mas não há só más notícias para a arbitragem da região. O árbitro assistente Nuno Vicente foi quinto classificado e garntiu a promoção à Liga Profissional.

Por sua vez, Hugo Serafim Silva, foi segundo classificado na terceira categoria e subiu à segunda divisão. Para o próximo ano serão três os árbitros ribatejanos neste escalão. Hugo Serafim Silva, recém promovido, André Gralha (que desceu da Liga) e João Mendes que obteve o oitavo lugar esta época.

No Futsal, Toni Pereira sobe à segunda categoria.

Mais de um milhar de pessoas passou este sábado, 16 de junho, pela Escola Superior Agrária, onde a Associação Académica de Santarém realizou a sua festa de encerramento da época 2011/2012, que terminou com vários títulos distritais.

Com comida à descrição, serviram-se 720 refeições, numa grande demonstração de clubismo que começou às 9h00 e só terminou perto da meia noite.

Entre os momentos mais emotivos destacou-se a enorme foto de família, onde o capitão dos juniores entoou bem alto o grito dos academistas, sendo o mesmo correspondido em uníssono por todos os atletas dos 4 aos 18 anos.

Outro dos momentos do dia foi a final do torneio de pais, conquistado pela equipa representativa dos juniores, e a entrega de taças, medalhas e faixas de campeões distritais às equipas de sub10, sub11 e juniores.

Houve ainda jogos entre todas as equipas da briosa, que preencheram um dia onde não faltaram demonstrações das recém-criadas secções de esgrima e de karaté do clube.

Mas na Briosa não haverá muito tempo para descanso. A época 2012-2013 inicia-se já a 15 do próximo mês, de forma a preparar os campeonatos que se iniciam em agosto, com a presença de duas equipas nos nacionais de juvenis e juniores.

Neste espaço “entre” épocas, os campeões distritais de Sub11 da Académica estão a participar no Torneio Belém Cup, organizado pelo Belenenses, no Estádio do Restelo, de 16 a 23 de junho.

A 24 deste mês, com uma comitiva de mais de 100 pessoas, é a vez da Briosa rumar até ao Algarve para participar na 5ª Edição da Copa Foot21, em Vila Real de Santo António.

Na comitiva seguem as equipas de sub9, sub10, Infantis sub12 e Infantis sub13, num torneio onde a Académica está presente desde a primeira edição, tendo já alcançado lugares de destaque nas anteriores edições.

De 4 a 8 de julho, será a vez da equipa de sub 11 rumar até Aveiro para participar na 19ª edição do Torneio Internacional Aveiro Cup.

A equipa masculina de atletismo da Casa do Povo de Alcanena, e a equipa feminina do Ateneu Artístico Cartaxense, venceram este fim de semana o Campeonato Distrital Absoluto de Ar Livre da Época de 2011-2012, uma organização da Associação de Atletismo de Santarém, que se realizou no Estádio Municipal de Abrantes, e onde participaram cerca de 200 atletas em representação de 17 clubes.

No setor masculino, a equipa de Alcanena esteve irrepreensível na forma como conquistou o Bi Campeonato, revalidando o título alcançado na época de 2010-2011. A diferença pontual verificada no final da competição não deixa dúvidas sobre a melhor equipa nesta competição. Os homens de Alcanena venceram com 151 pontos, mais 37 que o Grupo de Atletismo de Fátima, que foi segundo com 114 pontos, e mais 75 que o Clube de Natação de Rio Maior, que terminou em terceiro, com 76 pontos.

A equipa de Alcanena conquistou, ao todo, 27 medalhas (1º, 2º ou 3º lugares) em 51 participações registadas.

Já no setor feminino, o vencedor destacado foi o Ateneu Artístico Cartaxense, que somou 115 pontos, mais 26 que a segunda classificada, a Associação Desportiva e Recreativa de Águas Belas (Ferreira do Zêzere). O Clube de Lazer Aventura e Competição (CLAC), do Entroncamento, foi terceiro, a mais de 40 pontos do primeiro (74,5).

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

  • jorge_malacas.jpg

PUB

rede regional banner contactos essenciais

Quem está Online?

Temos 2070 visitantes e 0 membros em linha