PUB

chamusca covid continua

PUB

santarem embreve

Bruno Carvalho, jogador que alinhava na equipa sénior da União Desportiva de Santarém (UDS), no Campeonato de Portugal, vive um verdadeiro drama pessoal que piorou bastante com o cancelamento da prova devido à atual pandemia da Covid-19.

Slide thumbnail

O atleta, de 22 anos, natural de Cabo Verde, está em Portugal há 5 anos e começou a época no Sacavenense, clube que disputa a Série D do Campeonato de Portugal, a mesma da UDS. No entanto, a meio da época, veio jogar para a União de Santarém, onde ganhava mais 80 euros por mês, uma importância que fazia toda a diferença.

O problema é que, após 9 treinos 3 minutos na receção ao Condeixa (não jogou frente ao Praiense), o campeonato foi suspenso e Bruno Carvalho perdeu uma fonte de rendimento indispensável para a família (480 euros/mês).

A história é avançada pelo jornal Record, que explica que o atleta tem a mãe a fazer tratamentos para debelar um problema do foro oncológico, o que a levou a viajar para Portugal, e o pai também com um problema de saúde a não poder ficar sozinho em Cabo Verde.

Sem esta verba que recebia no futebol e com graves necessidades, o apoio veio de alguns ex-colegas futebolistas e esta segunda-feira a administração da União de Santarém SAD, ao ter conhecimento da situação, ajudou também o atleta, que não tinha sequer completado um mês ao serviço do clube e que tinha recebido apenas 200 euros.

Com a divulgação do caso no Record, vários sócios e adeptos do clube, companheiros de equipa e jogadores de outros clubes, incluindo um da Primeira Liga, deram também uma ajuda, aliviando um pouco a situação.

A Rede Regional sabe que este não é caso único no clube, cuja SAD também já ajudou outros atletas em situação difícil, e que vai continuar a apoiar dentro das suas possibilidades.



banner fiqueemcasa

 

PUB

PUB

PUB

  • jorge_malacas.jpg

PUB

rede regional banner contactos essenciais

PUB

promo almeirim

Quem está Online?

Temos 678 visitantes e 0 membros em linha