PUB

chamusca marialva

PUB

urbanidade

PUB

Tiago Tavares, um jovem jogador de 11 anos do Grupo Desportivo de Samora Correia, escreveu uma carta ao árbitro que o expulsou a pedir desculpa pelo seu comportamento incorreto.

Slide thumbnail

“Sei que lamentar e pedir desculpa não anula a suspensão, mas é bom saber reconhecer os nossos erros”, escreve o miúdo na missiva que fez chegar ao árbitro que lhe mostrou cartão vermelho por atitudes incorretas num jogo de futebol do escalão de sub11 da Associação de Futebol de Santarém, realizado no passado dia 7 de abril.
Na carta, escrita com a sua própria letra, o jovem diz-se não conseguir apagar as “marcas de desilusão” dos treinadores, colegas e familiares, mas termina dizendo que “posso fazer uma coisa, pedir-lhe desculpa e mostrar que estou seriamente arrependido, o senhor estava certo e eu lamento que isto tenha acontecido”.
Tiago Tavares pede ainda desculpa aos seus colegas, lamentando não poder estar presente no jogo deste sábado, 13 de abril, devido ao castigo que lhe foi imposto pela expulsão na semana passada.
A carta está partilhada na página do Facebook do Grupo Desportivo de Samora Correia, onde se podem ler centenas de comentários a elogiar a atitude do jovem atleta.

 



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

Slide background

Quem está Online?

Temos 609 visitantes e 0 membros em linha