PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos


A 5ª edição do festival da sopa e do pão caseiro de Marinhais realiza-se no domingo, 17 de fevereiro, a partir das 12 horas, no pavilhão de festas desta vila do concelho de Salvaterra de Magos.

Os visitantes poderão degustar mais de 30 sopas, na sua maioria representando a gastronomia ribatejana, mas também de outras regiões do país, o que é uma das grandes novidades deste ano, num certame que tem vindo a crescer de ano para ano e que já ultrapassou as fronteiras regionais.

Entre as mais populares, destacam-se a sopa de pedra, de entulho, trapalhona, d’ avó, da boda, de ossos, canja ou sopa de tomate, num festival que recebe cerca de 500 visitantes por edição, sendo essa a meta da organização para este ano.

As entradas no festival custam 10 euros, e dão direito a uma malga em barro para tentar provar todas as sopas, pão e bebida.

Este evento destina-se à angariação de fundos para a realização das tradicionais Festas em Honra de São Miguel Arcanjo, que em 2013 vão decorrer de 2 a 5 de Agosto.


Cerca de 20 mil pessoas juntaram-se para brincar ao Carnaval em Samora Correia na tarde de terça-feira, 12 de fevereiro, naquela que é considerada a maior festa do entrudo no Ribatejo.

Depois da chuva ter obrigado ao cancelamento de última hora do corso no passado domingo, o sol apareceu para iluminar um desfile que reuniu 12 carros alegóricos, a maioria dedicados à átira política.

Referências explícitas a Passos Coelho e aos ministros Miguel Relvas e Vítor Gaspar dominaram as mensagens carnavalescas da folia de Samora, onde também marcaram presença a festa brava, a fome, os heróis da banda e os animais.

Num desfile pleno de cor e muita animação, a escola de samba da Abrigada trouxe os ritmos do Brasil que deram movimento ao sambódromo improvisado na Avenida O Século, com os reis Fézinha e Zé Salvador e o ator Fernando Ferrão, dos Malucos do Riso, como convidados de honra, e em destaque nos respetivos carros.

O Carnaval de Samora Correia termina quarta-feira, 13 de fevereiro, com o tradicional "enterro de santo entrudo", que vai distribuir o testamento do padroeiro pelas ruas da cidade a partir das 22 horas.

O busto de Carlos Augusto Gaspar, furtado na noite de 21 de julho de 2012, em Samora Correia, será reposto esta quarta-feira, 13 de fevereiro, na Praceta Carlos Gaspar, naquela cidade do concelho de Benavente.

A reposição surge após o esforço do Grupo Amigos de Samora Correia, liderado por Júlio Pereira, que esteve na comissão que coordenou o projeto do primeiro monumento, e está a organizar um espetáculo para a noite de sábado, 16 de fevereiro, às 21h30, na sede da SFUS, que visa angariar fundos para ajudar a pagar a obra que custou cerca de 2700 euros.

A escultura, de Luís Santos, o mesmo autor da obra original, replica de forma integral o busto original colocado no local em 1998. A escultura em bronze e sienite será paga com apoio da Câmara Municipal de Benavente, Junta de Freguesia de Samora Correia e com uma subscrição pública junto da população samorense.

Carlos Gaspar foi o fundador da Biblioteca da Fundação Calouste Gulbenkian em Samora Correia em 1960 e foi um distinto associativista e pedagogo com projetos inovadores destinados a apoiar as crianças e jovens das famílias mais desfavorecidas de Samora Correia.

O ilustre Samorense dá também nome ao mais destacado prémio da freguesia que anualmente homenageia um natural da cidade que se distinga pelos bons serviços prestados nas áreas cultural, social ou desportiva.

Mais artigos...

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

PUB

promo almeirim1

Quem está Online?

Temos 726 visitantes e 0 membros em linha