PUB

chamusca covid

PUB

banner cms vamostodosficarbem

A peça “O Crime de Aldeia Velha”, em exibição no Centro Cultural do Cartaxo, vai ter uma sessão especial esta segunda-feira, dia 19 de novembro, às 21h30, data em que se completaria o 92º aniversário do nascimento do autor, o dramaturgo escalabitano Bernardo Santareno, nascido a 19 de Novembro em 1920, e falecido em 1980, com 59 anos de idade.

Baseado em factos verídicos e a partir da obra homónima de Bernardo Santareno, a peça conta a história de Joana, uma rapariga bonita que vive numa pequena aldeia, por entre montes e vales. Joana é apreciada por todos os rapazes que, para disputarem o seu amor, até se chegam a ferir em lutas; e invejada pelas outras mulheres, que sonham ser tão belas quanto ela. Contudo, todos acreditam que Joana está possuída pelo diabo e concordam em queimá-la viva. No entanto, este não foi o procedimento mais correcto e quando dão por isso todos terão que enfrentar as consequências.

NOTÍCIA RELACIONADA:

Centro Cultural do Cartaxo encena Bernardo Santareno

 

Francisco Moita Flores, ainda presidente da Câmara de Santarém, vai lançar um novo livro. Chama-se “O Bairro da Estrela Polar” e conta a história de um bando de jovens marginais num bairro de Lisboa.

O lançamento está marcado para 12 de novembro, em Lisboa e o livro será apresentado por José Conde Rodrigues, ex-secretário de Estado da Justiça e da Administração Interna e ex-presidente da Câmara do Cartaxo.

“O Bairro da Estrela Polar” serviu de base ao argumento para a série televisiva “O Bairro”.

Moita Flores, de 59 anos, já publicou obras como "Bastardos", "Polícias sem História", "Os 7 Pecados Mortais (obra coletiva)", "Os Filhos da Memória do Vento", "Ballet Rose", "O Carteirista que Fugiu a Tempo", "Não Há Lugar para Divorciadas", "Em Memória de Albertina, que Deus Haja!", "A Fúria das Vinhas", "O Sangue e a Honra", "Mataram o Sidónio!", "Maresia do Mar e outras histórias para aprender" e "A Opereta dos Vadios".
 

A tradicional Feira dos Santos, uma das mais antigas do país, arranca esta quarta-feira, 31 de Outubro, no Cartaxo, em simultâneo com a ExpoCartaxo, mostra dedicada à promoção das atividades económicas daquele concelho.

Os dois certames, que se realizam no Pavilhão Municipal de Exposições e terrenos circundantes, prolongam-se até domingo, 4 de Novembro, com os tradicionais frutos secos, entre outros produtos da época, o artesanato, a água-pé, os vinhos, a gastronomia e a animação, que atraem todos os anos milhares de visitantes ao Cartaxo.

No palco instalado junto á entrada do pavilhão de exposições, haverá vários espetáculos, maioritariamente com artistas e grupos locais, enquanto na vertente mais ligada à parte económica destacam-se um seminário sobre oportunidades de financiamento internacional e projetos de inovação, e a entrega dos Prémios Prestígio 2011, aos empresários que mais se destacaram no concelho.

Saiba mais AQUI.

 

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

PUB

ctx covid 19

PUB

Quem está Online?

Temos 494 visitantes e 0 membros em linha