PUB

chamusca variacoes

PUB

carnaval santarem

Ana Moura, os Azeitonas, as atividades taurinas e o tradicional cortejo etnográfico e do trabalho, são as maiores atracões da edição de 2012 das festas em Honra de Nossa Senhora do Castelo, que se realizam em Coruche de 14 a 19 de agosto.

Começando pela música, o espetáculo de Ana Moura está marcado para o dia 17, sexta-feira, seguindo-se no sábado Os Azeitonas. No palco musical há ainda um Festival de Folclore (dia 15), os Minhotos Marotos (dia 16) e Gritos Mudos (dia 19).

Os toiros são outra das imagens das festas. As touradas à corda, típicas dos Açores, e as largadas de toiros invadem as ruas do centro histórico da vila nos dias 14, 16 e 18. A praça de toiros recebe também dois espetáculos taurinos. No dia 17 haverá tourada com os cavaleiros António Telles, Luís Rouxinol e João Salgueiro. Em praça estarão também os Forcados Amadores de Coruche.

No dia 19 a corrida é focada num “cartel de futuro”. Os cavaleiros são Gilberto Filipe, Manuel Ribeiro Telles, Moura Caetano e Tomás Pinto e os praticantes Salgueiro da Costa e João Branco. Os Forcados Amadores de Coruche voltam a pegar, desta vez dividindo tarefas com os Forcados do Aposento da Moita.

Na vertente religiosa, o destaque vai para a procissão em Honra de Nossa Senhora do Castelo, que se realiza no dia 15 de Agosto, às 18h00. Outro dos pontos altos será o Cortejo Etnográfico e do Trabalho que percorre as ruas da vila no dia 17, com centenas de participantes das várias freguesias e coletividades do concelho a representarem os hábitos e tradições dos tempos antigos.


A vila de Ferreira do Zêzere vai voltar a ser palco de um grande festival de ópera e canto lírico entre os dias 9 e 18 de Agosto, reunindo dezenas de músicos e intérpretes a actuar em locais que vão desde igrejas até outros espaços à partida impensáveis para a realização deste tipo de espectáculos, como será o caso do mercado municipal.

O “ZezereArts 2012” terá a direcção artística do músico irlandês Brian Mackay, que se radicou no concelho com a família e já organizou no ano passado, com grande sucesso, a primeira edição do festival.

O evento conta com a participação de 77 músicos, cantores, solistas, encenadores e cenógrafos de sete países (Inglaterra, Itália, Irlanda, França, Hungria, México e Portugal) que vão participar num curso intensivo de Verão e apresentar as suas performances nas dezenas de espectáculos previstas.

Oficialmente, o festival arranca a 9 de Agosto com um recital de canto lírico no Centro Cultural de Ferreira do Zêzere, às 21h30. Nos dias 11 e 12, os músicos espalham-se pelas igrejas de Ferreira do Zêzere, Paio Mendes e Dornes, com actuações inseridas nas celebrações litúrgicas.

Para o dia 13 de Agosto, está programado um jantar de gala com ópera, às 20 horas, no Restaurante Casa dos Leitões. No dia 15, será a vez de Shakespeare em ópera, às 19 horas, na Quinta do Adro. No dia 16 de Agosto, o mercado municipal de Ferreira do Zêzere recebe “Street Scene”, do compoitor Kurt Weil, às 21 horas, ao passo que no dia seguinte o cineteatro Ivone Silva acolhe duas sessões do “Don Giovanni”, de Mozart, às 18 e 21h30.

O “ZezereArts 2012” termina a 18 de Agosto com um espectáculo final no centro cultural da vila, às 21h30, onde todos os participantes no curso vão interpretar música coral de Vivaldi.

Festival estende-se a Tomar

Uma das novidades deste ano é a extensão do festival a Tomar, onde decorreu a apresentação oficial do “Zezere Arts” no passado domingo, 29 de Julho.

O mentor do projecto, Brian Mackay, ao piano, e a soprano Bárbara Barradas deram um recital de música clássica no Convento de Cristo, monumento que voltará a ser palco de um concerto coral no dia 16 de Agosto, às 18 horas.


Um concurso de ganadarias com toiros puros (animais que nunca foram usados em nenhuma espécie de lide) é uma das principais novidades dos festejos em honra de Nossas Senhoras de Oliveira e de Guadalupe, que prometem atrair milhares de visitantes e aficionados da festa brava a Samora Correia entre os dias 15 e 20 de Agosto.

Os toiros bravos das ganadarias Casa Avó, de Samora Correia, Irmãos Dias, de Santo Estêvão, e Pedro Damião, do Barreiro, vão ser avaliados por um júri durante as primeiras entradas de toiros na cidade, que decorrem entre os dias 15 e 17 de Agosto. O criador vencedor fornecerá os animais para as actividades taurinas dos dias seguintes.

O programa das festas, que tem no toiro, no cavalo e no campino os seus elementos mais fortes, prevê a realização de várias largadas, entradas e “encierros”, além de duas corridas (nos dias 17 e 20 de Agosto) com animais das ganadarias Assunção Coimbra e Canas Vigoroux.

As festas de Samora Correia prolongam-se ao longo de seis dias com muita animação, música, desfiles etnográficos, folclore, arraiais populares e a tradicional festa da sardinha assada, a 18 de Agosto, com a distribuição grátis de milhares de sardinhas, vinho e pão pelos milhares de visitantes esperados nessa noite.

No que se refere à componente religiosa, as festas incluem a realização de três procissões e do cortejo de Nossa Senhora de Alcamé, padroeira dos campinos e lavradores, por quem as gentes do campo ainda conservam uma forte devoção.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

barquinha savel lampreia 2020

PUB

Quem está Online?

Temos 432 visitantes e 0 membros em linha