PUB

chamusca ilha

PUB

reino natal

“Não se ganha, não se paga” é o nome do novo trabalho que o Veto Teatro Oficina tem de momento em preparação.

A peça, cuja encenação está a cargo de José Ramos, é uma comédia construída a partir de um texto original de Dário Fó, que procura reflectir sobre os actuais momentos de crise vividos pela sociedade portuguesa e europeia.

“Não se ganha, não se paga” vai ser apresentada pela primeira vez a convidados e à comunicação social na sexta-feira, 24 de Fevereiro, às 21h30, ficando depois em cena no Teatro Taborda do Círculo Cultural Scalabitano.

O Parque das Laranjeiras, em Almeirim, vai ser palco do primeiro encontro infantil de folclore, no sábado, 25 de Fevereiro, a partir das 16 horas, organizado pelo rancho folclórico da Casa do Povo de Almeirim.

Além da escola de folclore do grupo organizador, sobem também ao palco o rancho infantil de Fazendas de Almeirim, o rancho folclórico infantil da Casa do Povo de Pinhal Novo, e o rancho infantil de Moreira da Maia.

Esta iniciativa ocorre um dia depois do grande jantar que vai assinalar os 56 anos de existência do rancho folclórico da Casa do Povo de Almeirim, e que servirá também para homenagear um dos fundadores deste agrupamento etnográfico, o historiador local António Cláudio.

O repasto decorre no salão Moinho de Vento, em Almeirim, a partir das 20 horas.

Mais informações em http://www.rederegional.com/index.php/cultura/704-rancho-de-almeirim-presta-homenagem-ao-seu-fundador.html.


As cerimónias de evocação a Ruy Belo, que em 2011 trouxeram Maria Cavaco Silva a São João da Ribeira para o descerramento do busto que imortaliza o poeta junto à Junta de Freguesia da aldeia que o viu nascer, têm este ano como ponto alto a inauguração de um painel de azulejos.

A efeméride assinala-se na segunda-feira, 27 de Fevereiro (data do 79º aniversário do seu nascimento), pelas 11h30, depois de uma passagem pelo cemitério de São João da Ribeira.

Considerado um dos poetas mais importantes da segunda metade do século XX, Ruy Belo foi também professor universitário e ensaísta.

Faleceu a 8 de Agosto de 1978.

As várias homenagens que a Câmara Municipal de Rio Maior e a Junta de Freguesia de São João prestam ao poeta arrancam no sábado, 25 de Fevereiro, com o “recital Ruy Belo”, com Fernando J. B. Martinho e Pedro Lamares, às 21h30, no cine-teatro municipal.

No domingo, pelas 15h30, a actividade que dá voz aos poetas populares “Chá e Poesia”, do pelouro da cultura da autarquia, decorrerá na antiga escola primária de São João da Ribeira, sob o tema “Evocação a Ruy Belo”. Na segunda-feira, às 17 horas, o artista riomaiorense Cris Neves inaugura uma exposição de grafiti na biblioteca municipal.

Mais artigos...

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

politeama rainhadaneve

PUB

Quem está Online?

Temos 722 visitantes e 0 membros em linha