PUB

chamusca ilha

PUB

reino natal

Cerca de 600 crianças de várias escolas do concelho celebraram esta quinta-feira, 15 de março, os 865 anos da Reconquista Cristã de Santarém por D. Afonso Henriques, em 1147.

As crianças, vestidas conforme a época, iniciaram a atividade junto à Rua Porta de Manços, onde estava uma recriação da Porta de Lisboa, uma das antigas entradas para o Castelo de Santarém. Depois do desfile pelo centro histórico, houve uma reconstituição da invasão, protagonizada pelas diversas crianças, caracterizadas de mouros e cristãos, onde em tempos existiu a Porta da Atamarma.

A recriação terminou no Jardim Portas do Sol onde, num ambiente medieval, se encenou uma homenagem ao novo monarca e se fizeram juramento de fidelidade, com oferta de oferendas pelos novos vassalos, seguindo-se a celebração de um casamento entre um cavaleiro cristão e a filha de um vizir de Santarém para selar o acordo.

Uma centena de atores vai sair às ruas da Chamusca para reviver o calvário das últimas horas da vida de Jesus Cristo. A iniciativa é da Companhia de Teatro do Ribatejo e vai realizar-se no dia 31 de Março às 21h30.

O espetáculo, inspirado no filme de Mel Gibson e encenado por João Coutinho, vai transformar as ruas da Chamusca numa imensa procissão de dor e emoção, com as cenas mais marcantes a serem realizadas em diversos espaços, dado que o espetáculo se desenvolve em diversas artérias da vila.

O espetáculo tem inicio num amplo espaço do largo da biblioteca e frontaria da Igreja Matriz, onde serão apresentadas as cenas iniciais, percorrendo posteriormente diversos espaços até terminar no miradouro da Srª do Pranto. Será neste espaço que decorrerá a crucificação e todas as cenas envolventes, sob a iluminação de velas e archotes que dará ao espaço um ambiente transfigurado de mistério e sofrimento.


“Deixemos o sexo em paz” é o nome da peça que a companhia de teatro Maria Paulos vai representar no auditório da EB 2,3 Mem Ramires, em Santarém, no próximo dia 23 de Março, às 11 horas.

Apesar do nome sugestivo, este é um espectáculo cómico profundamente didáctico e integrável no programa de educação sexual das escolas.

A peça, escrita pelo prémio Nobel da Literatura Dario Fo e por Franca Rame, está em digressão pelo país pelo quinto ano consecutivo, tendo já sido vista por cerca de 45 mil espectadores, sobretudo jovens em idade escolar.

Através de um monólogo em que a actriz Maria Paulos interpreta 21 personagens diferentes em cerca de uma hora e quinze minutos, explora alguns assuntos relacionados com o sexo, as relações humanas e afectivas, e os sentimentos de amor, amizade e respeito.

O espectáculo, que vai ter uma assistência de 75 alunos, é organizado pela coordenadora do estabelecimento, Fernanda Oliveira, e pelas professoras Adília Silva, do espaço saúde, e Jessa Oliveira, da biblioteca da Mem Ramires.

Mais artigos...

PUB

Rede Regional

Slide backgroundSlide thumbnail

PUB

politeama rainhadaneve

PUB

Quem está Online?

Temos 672 visitantes e 0 membros em linha