Novembro volta a ser o Mês de Santareno, em Santarém. A iniciativa, organizada pela empresa municipal de cultura e turismo (Cultur) engloba um vasto rol de iniciativas dedicadas ao dramaturgo Bernardo Santareno, pseudónimo de António Marinho do Rosário.

A programação começa sábado, 5 de Novembro, com a inauguração da exposição “Bernardo Santareno, pseudónimo de António Martinho do Rosário – Vida e Obra”, que estará patente até dia 14 na biblioteca da freguesia de Pernes, e com uma palestra, no mesmo local, sobre a “Vida e Obra de Santareno”, proferida por Domingos Lobo, vencedor do Prémio Nacional de Teatro Bernardo Santareno 2009. A mesma exposição vai depois para a freguesia de Tremês até ao dia 30.

O Teatro Sá da Bandeira recebe também duas exposições “Santarém, Capital do Teatro", patente até ao dia 19 e "Prémios Santareno de Teatro - Carreira", de 20 a 30 de Novembro.

No dia 17, haverá a leitura da peça “Não Deixes que a Noite se Apague”, de Domingos Lobo, vencedora do Prémio Nacional de Teatro Bernardo Santareno 2009, às 18h30, no Piano Bar do Teatro Sá da Bandeira.

O ponto alto do programa tem lugar com mais uma edição da VI Gala Santareno, no dia 20, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira, onde serão entregues os Prémios Santareno de Teatro relativos à temporada 2010/2011. A apresentação vai estar a cargo dos atores Cláudia Semedo e Afonso Pimentel.