PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, entregou esta quinta-feira, 16 de julho, ao filho de Pedro Barroso, Nuno Barroso, a Medalha de Oficial da Ordem da Liberdade, condecoração atribuída a título póstumo.

Slide thumbnail

Marcelo Rebelo de Sousa referiu a entrega de Pedro Barroso a valores como o civismo, a tolerância, a amizade e a democracia, numa atitude sempre interventiva no discurso e na música que deixou um legado cultural ímpar, tendo falecido a 7 de março de 2020, aos 69 anos, vítima de doença prolongada.

“Pedro Barroso ajudou a difundir os valores éticos, da luta pela liberdade de expressão e criação’, disse o Presidente da República.

Em agradecimento, Nuno Barroso, que esteve na cerimónia acompanhado pela mãe e uma tia, defendeu que “receber esta condecoração, Medalha de Oficial da Ordem da Liberdade, é uma honra e um orgulho, pois é algo de muito especial que acontece na minha família e que muito nos honra”.

“[O meu pai] ficaria com certeza muito orgulhoso, honrado e certamente comovido, não só por ser o reconhecimento por tudo quanto ele lutou durante a sua vida e pelos valores da dignidade que sempre o motivaram, mas também porque este galardão foi proposto pela Associação Salgueiro Maia, que representa os capitães de Abril, e todos aqueles militares que acreditaram que podiam fazer de Portugal um país mais justo, digno, livre e democrático”, completou Nuno Barroso.

Defensor da liberdade, Pedro Barroso, que viveu desde pequeno em Riachos, terra de seu pai, lançou mais de 20 álbuns e foi uma das vozes da revolução de Abril, em tempos de luta pela democracia e pela liberdade.

Era membro fundador da Associação Salgueiro Maia, que propôs esta condecoração hoje entregue pela Presidência da República.

Segundo a página das ordens honoríficas portuguesas, a Ordem da Liberdade destina-se a distinguir serviços relevantes prestados em defesa dos valores da Civilização, em prol da dignificação da Pessoa Humana e à causa da Liberdade.

O Grande-Colar da Ordem da Liberdade é o mais alto grau da Ordem e é concedido pelo Presidente da República a Chefes de Estado estrangeiros. O Grande-Colar pode ainda ser concedido pelo Presidente da República a antigos Chefes de Estado e a pessoas cujos feitos, de natureza extraordinária e especial relevância para Portugal, os tornem merecedores dessa distinção.



banner fiqueemcasa

 

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

promo almeirim1

Quem está Online?

Temos 473 visitantes e 0 membros em linha