Joaquim Gomes dos Santos, filho de carvoeiros e ele próprio conhecedor da experiência das carvoarias, apresentou no sábado, 14 de setembro, na Junta de Freguesia do Pego, concelho de Abrantes, o seu livro "Os Carvoeiros do Pego: Usos e costumes".

Slide thumbnail

O autor foi professor de Matemática no segundo ciclo e, aquando do estágio, mostrou ao vivo na Escola D. Miguel de Almeida, em Abrantes, como se faz carvão pelo método tradicional.

Sobre a atividade da carvoaria, foram já publicados na revista Zahara (nº 8, Nov 2006) dois trabalhos: “O carvoeiro”, de Joaquim de Sousa Gil, e “A mulher nas carvoarias”, de Isilda Jana, este seguido de um “Vocabulário carvoeiro”.

Entretanto, o autor da obra que agora sai à rua, organizou as suas memórias e completou-as com informação recolhida junto dos “últimos” carvoeiros. O resultado é uma narrativa cheia de informação e de pessoas vivas numa atividade de uma dureza que fica bem documentada.

A edição é da Cres.Ser - Associação de Desenvolvimento Pessoal e Comunitário e conta com o apoio da Câmara Municipal de Abrantes (através do FinaAbrantes).