PUB

festival cogumelo

PUB

cms generico

A fadista Mariza é a cabeça de cartaz das festas de Abrantes, que este ano se realizam de 14 a 17 de Junho num novo figurino marcado pela contenção financeira.

A crise obrigou a Câmara Municipal a apertar o cinto, diminuir o número de dias do evento e reduzir os custos em 40%. Num orçamento de 70 mil euros, o concerto da artista portuguesa nascida em Moçambique leva 30 mil euros.

O novo figurino das festas foi apresentado oficialmente na tarde de segunda-feira, 2 de Abril, pela presidente autarquia, Maria do Céu Albuquerque.

De forma a diminuir o investimento, o espectáculo de Mariza realiza-se a 14 de Junho, dia da cidade, no Hipódromo dos Mourões. Este será o espaço que volta a receber, muitos anos depois, de 15 a 17 de Junho, o concurso de saltos de Abrantes em hipismo, que vai ser uma das marcas destas festas pela exposição que vai ser disponibilizada no Centro de Acolhimento do Tejo (a inaugurar). O lançamento de um livro sobre o hipismo em Abrantes será outro dos pontos altos.

Em termos de novidades, a exposição de artesanato deixa o largo 1º de Maio, onde se realizava há 18 anos, e vai dividir-se pelo mercado criativo e pelas ruas do centro histórico. Também pelo centro da cidade vai haver destaque para as rendas de Bilros, numa parceria com a autarquia de Peniche.

A autarca revelou ainda que nestes três dias alguns espaços comerciais devolutos vão ser galerias para expor os trabalhos de pintura e escultura de artistas abrantinos. No que diz respeito a iniciativas paralelas, voltam a realizar-se as actividades desportivas (desportos de praia, caça ao pato, natação e canoagem no Aquapolis), carrinhos de rolamentos e downhill urbano.

O Largo João de Deus continuará a acolher um espaço destinado às crianças onde, habitualmente, são colocados insufláveis e onde costuma haver palhaços e zona de pinturas faciais que delicia sempre os petizes.

Na música, serão três os palcos. O do Jardim da República, que acolhe também as tasquinhas, terá ranchos folclóricos e grupos de baile: Toc’Abrir, Carlos Catarino e Fernando Forte. Os palcos nas praças Raimundo Soares e Barão da Batalha acolhem grupos de Abrantes: Kwanta, The Kaviar, Apple Pie, The Scart, Projecto Amar, The Joe’s, Dora Maria e Ana Lains. Haverá ainda o palco jovem com a actuação de bandas de garagem e com as associações juvenis do concelho, mas o local ainda não está definido, devido às questões que levantam com o ruído nas noites no centro histórico.

Maria do Céu Albuquerque destacou ainda a abertura de mais uma exposição de antevisão do Museu Ibérico de Arqueologia e Arte, na igreja de Santa Maria do Castelo e, no dia 14 de Junho, as cerimónias oficiais do Dia da Cidade com homenagens a instituições de Abrantes.

Como as festas são, grosso modo, concentradas no centro histórico, a autarquia quer envolver os comerciantes e cafés a estarem abertos até horas mais tardias, embora esse processo ainda esteja a decorrer.



PUB

PUB

PUB

PUB

PUB

barquinha savel lampreia 2020

PUB

PUB

PUB

promo almeirim

Quem está Online?

Temos 686 visitantes e 0 membros em linha