PUB

chamusca covid continua

PUB

banner cms juntos

“Relembrar outros tempos” é o nome do 2º passeio de bicicletas antigas promovido pela Associação de Moradores e Amigos de Entrevinhas, e que vai estar integrado nos festejos populares de reabilitação dos moinhos desta aldeia do concelho do Sardoal.

O passeio realiza-se no sábado, 9 de Junho, entre as 10 e 12h30, altura em que será servido um almoço convívio no largo dos moinhos.

A organização vai premiar o melhor traje e a bicicleta mais original.

A cerimónia oficial de inauguração dos quatro moinhos restaurados está marcada para as 15 horas.

Mais informação em:

Moinhos de Entrevinhas estão à espera de visitantes

A bandeira elaborada pela Escola Profissional de Salvaterra de Magos (EPSM) venceu o concurso “Escolas Amigas da Água”, um projecto que envolveu um total de 1.150 alunos de 24 estabelecimentos de ensino.

As alunas Vanessa Santos e Marina Antunes, do curso de comunicação, marketing, relações públicas e publicidade, são as autoras do projecto vencedor, e vão receber o prémio no próximo dia 14 de Junho, no auditório da EPSM.

Este concurso foi promovido durante todo o ano lectivo de 2011 / 2012 pela Quercus, em parceria com as empresas Águas do Ribatejo, Águas do Algarve e Águas de Coimbra, que lançaram às escolas o desafio de criar trabalhos que sensibilizassem o público para a importância da eficiência hídrica.

Os projectos vencedores foram divulgados na terça-feira, 5 de Junho, dia mundial do ambiente.

O parque da Zona Norte de Almeirim vai receber o II Encontro de Triatlo Adaptado na quarta-feira, 6 de Junho, organizado pelo Centro de Recuperação Infantil de Almeirim (CRIAL) e pela Associação de Desporto Especial de Santarém (ADES).

O primeiro encontro, realizado em 2011, foi considerado por todos os participantes e entidades envolvidas um verdadeiro sucesso, pela que a presente edição visa dar continuidade ao evento, promovendo o convívio entre os jovens, portadores ou não de deficiência.

A Câmara de Santarém decidiu ceder as instalações de algumas escolas primárias entretanto desativadas a várias associações do concelho.

É o caso da antiga escola de Amiais de Cima, na freguesia da Abrã, que vai ser cedida ao Centro Social Paroquial de Santa Margarida de Abrã e à Associação Cultural e Recreativa de Amiais de Cima, que irão dividir o espaço entre si e desenvolver várias atividades junto da população.

Sorte idêntica terá a antiga escola primária do Arneiro das Milhariças, que será cedida ao Rancho Folclórico da freguesia, que ali pretende criar a sua sede própria e local de ensaio e dinamizar uma exposição etnográfica.

Já a antiga escola primária de Nossa Senhora da Saúde, na freguesia de São Salvador, será transformada numa delegação da junta de freguesia que assim pretende servir melhor e de forma mais próxima as populações do Jardim de Cima e Portela das Padeiras.

As cedências serão por um período de dez anos, renovável por igual período.

As Associações de Pais e Encarregados de Educação de Azambuja, com o apoio da câmara municipal, estão a criar um Banco de Livros Escolares Usados. O projecto abrange os três ciclos do ensino básico (do 1º a o 9º anos de escolaridade) e também o ensino secundário (do 10º ao 12º) e encontra-se em fase de implementação. Pretende-se que o banco entre em funcionamento desde já, na transição entre os anos lectivos 2011/2012 e 2012/2013.

O Banco de Livros Escolares de Azambuja tem como destinatários todas as crianças e jovens que frequentem os 1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico e o Ensino Secundário, que entreguem os seus manuais, no final do ano lectivo, em condições de serem reutilizados, de acordo com o regulamento, e que pretendam receber - por empréstimo - livros para novo ano lectivo.

Todos os interessados na atribuição de manuais escolares por meio de empréstimo para o ano lectivo seguinte, deverão inscrever-se nas Escolas ou nas Bibliotecas Municipais nos mesmos períodos da doação, até 6 de Julho do 1º ao 9º ano de escolaridade, e até ao dia 08 de Agosto para o ensino secundário.

Esta iniciativa tem como objectivos desenvolver o sentido de partilha e solidariedade social; promover a reutilização dos manuais escolares e o respeito pelo livro; diminuir os custos de aquisição de manuais escolares por parte das famílias; e incentivar boas práticas de protecção e educação ambiental.

Mais artigos...

PUB

PUB

PUB

Scalhidraulica

PUB

promo almeirim1

Quem está Online?

Temos 965 visitantes e 0 membros em linha