chamusca appcoruche sabores-tasquinhas

Sociedade

ambulancia inem

IMAGEM ARQUIVO / ILUSTRATIVA

Os bombeiros de Torres Novas resgataram na manhã desta segunda-feira, 23 de abril, uma vítima em estado grave do interior de um poço na localidade de Paialvo, concelho de Tomar.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, o alerta foi dado às 10h50 e a vítima, de sexo e idade não revelada, foi transportada de urgência para o Hospital de Torres Novas.

No local estiveram os bombeiros de Torres Novas, com 7 operacionais e 2 viaturas, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Médio Tejo, a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Torres Novas e a GNR, num total de 13 operacionais e 5 viaturas.

EM ATUALIZAÇÃO

sismo benavente1

O sismo de 23 de Abril de 1909, que destrui grande parte do sul do Ribatejo, nomeadamente o concelho de Benavente, considerado o mais devastador em Portugal continental no século XX, destruindo quase por completo os aglomerados de Benavente, Samora Correia e Santo Estêvão, aconteceu há 109 anos.

Com uma magnitude estimada de 6,7 graus na escala de Richter, estima-se que o sismo tenha provocado 40 mortos e 70 feridos, só no concelho de Benavente, balanço que não foi mais dramático porque, à hora em que ocorreu, 17h05, a grande maioria da população estava ainda a trabalhar nos campos.

O site da Câmara de Benavente dá conta que testemunhos da época fazem referência a «nuvens colossais de poeira que se elevam nos ares», ao «barulho infernal dos prédios a cair», e aos «gritos de dor de uma população inteira».

Sem comunicação telegráfica, a notícia do sismo chegou à capital do distrito, Santarém, através de um lavrador que para se dirigiu de automóvel.

Com base numa observação feita na época, a duração do sismo foi de 22 segundos, no entanto, desde a manhã de 23 de Abril que se ouviam ruídos subterrâneos. Estes ruídos foram sentidos não durante os abalos mais fortes, mas também com as réplicas, que se fizeram sentir durante muito tempo. A maior de todas foi sentida no dia 2 de Agosto de 1909.

psp geral02

Duas pessoas foram detidas e dez multadas na última madrugada, em Torres Novas, por conduzirem com taxas de álcool superiores ao permitido.

Segundo a PSP, todos estes casos ocorreram durante uma operação generalizada de prevenção rodoviária e criminal, sendo utilizadas todas as valências da polícia disponíveis, incluindo investigação criminal, ordem pública e prevenção rodoviária.

Ao todo, foram controladas por radar 2.962 viaturas e identificados mais de uma centena de condutores e outros indivíduos, tendo sido elaboradas 8 contraordenações por falta de utilização ou inexistência de dispositivo de retenção, 3 por falta de inspeção, 16 por excesso de velocidade, 2 por falta de seguro, 6 por utilização de telemóvel, para além de 36 outras infrações diversas.

Cerimónia de Apresentação Santarém Cup 2018