app chamuscamicromineiro slide

Sociedade

algemado

Um homem, de 42 anos, foi ouvido estas quarta e quinta-feira, dias 13 e 14 de junho, no Juízo Local do Entroncamento, por estar fortemente indiciado do cometimento, em coautoria, de quatro crimes de furto qualificado e de um de furto simples.

O suspeito foi detido na sequência de mandados de detenção fora de flagrante delito emitidos pelo Ministério Público e, na sequência do interrogatório, o tribunal reconheceu os perigos de fuga e de continuação da atividade criminosa que tinham justificado a opção do Ministério Público pela detenção, tendo determinado a aplicação da prisão preventiva.

Segundo a Procuradoria da Comarca de santarém, “os factos em investigação no inquérito ocorreram entre 2016 e 2018, em localidades dos concelhos da Chamusca e de Alcanena, tendo sido o resultado da apensação de vários inquéritos. Investigam-se subtrações de máquinas industriais, agrícolas (e seus componentes), combustível, metais não preciosos (cobre e ferro). Em duas das ocasiões, alegadamente, foram subtraídos motores elétricos industriais, avaliados num total de €200,000,00”.

O arguido estava declarado contumaz, desde o ano 2013, em 4 processos pendentes em tribunais do norte do país.

O inquérito encontra-se a cargo do DIAP do Entroncamento, sendo a investigação executada pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Torres Novas.

ctt abrantes

ATUALIZADA ÀS 17h15

A mulher, de 40 anos, carteira de profissão, detida pela GNR esta quinta-feira, dia 14, suspeita dos crimes de peculato, violação de correspondência e burla informática e nas comunicações, vai ficar a aguardar julgamento em liberdade, estando apenas obrigada a fazer apresentações periódicas no posto da sua área de residência.

segundo a GNR, a funcionária dos CTT, residente na localidade de Valada, concelho do Cartaxo, é suspeita de ter lesando 15 vitimas em cerca de 10 mil euros, e foi ouvida em primeiro interrogatório judicial no tribunal de Santarém.

A arguida ter-se-á apoderado de correspondência que continha no seu interior cartões bancários que eram da titularidade de residentes da localidade de Salvaterra de Magos, suspeitando-se igualmente que tenha utilizado os referidos cartões (de instituições bancárias e cartões Universo, utilizados no Grupo Sonae) para proceder ao levantamento de quantias monetárias.

Segundo a Procuradoria da Comarca de Santarém, a suspeita partiu “da análise de várias denúncias relativas a situações de utilização abusiva de cartões de crédito ocorridas na área geográfica de Coruche e Salvaterra de Magos”.

Na investigação, a cargo do Núcleo de Investigação Criminal de Coruche da Guarda Nacional Republicana e centralizada na secção do DIAP de Benavente, foram feitas várias diligências, que culminaram no cumprimento de mandados de detenção em que a suspeita foi detida.

 

hospital idosa

BOMBEIROS TIVERAM DE DESLOCAR UMA AUTO-ESCADA PARA O LOCAL

Uma mulher, de 64 anos, internada deste ontem no serviço de psiquiatria, atirou-se esta quinta-feira, 14 de junho, cerca das 8h45, de uma janela do primeiro andar do Hospital de Santarém, sofrendo ferimentos graves.

Segundo fonte policial, a vítima, que deverá ser transferida para o Hospital de S. José, em Lisboa, caiu inicialmente em cima de um terraço, na zona traseira do hospital, junto às oficinas e entrada de serviço, tendo depois caído e saltado para o chão, ato que lhe terá provocado as várias fraturas em diversas partes do corpo.

A mulher, residente no concelho de Santarém, tinha-se sido internada no serviço de psiquiatria devido a um episódio de forte ansiedade e nervosismo que sentiu quando estava a tratar da transferência do companheiro, doente de Parkinson também internado no Hospital de Santarém, para uma unidade de cuidados continuados.

No local estiveram 11 operacionais e cinco viaturas dos Bombeiros Municipais de Santarém, da VMER do Hospital de Santarém e da PSP.

Este é o segundo caso de um doente que se atira de uma janela do Hospital de Santarém este mês. No dia 2, um idoso, de 73 anos, residente no concelho de Coruche, atirou-se de uma janela do 9º andar, tendo morte imediata.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis