chamusca bibliotecatecfresh2018 slide

Sociedade

salvaterrapostoGNR

Três anos e meio depois da Câmara de Salvaterra ter acordado com o Ministério da Administração Interna a necessidade do Estado avançar com a construção de um novo posto da GNR no concelho, a empreitada foi finalmente adjudicada à empresa NOW XXI – Engenharia & Construções, Lda., pelo valor de 642.148,46€, com um prazo de execução de 300 dias.

Para que os trabalhos possam arrancar falta agora assinar o auto de consignação, o que a autarquia prevê que possa acontecer ainda este ano.

Recorde-se que o protocolo entre a câmara e o ministério, assinado em fevereiro de 2015, englobou a cedência das instalações da antiga Escola Primária da Avenida para a construção do novo posto da GNR.

Se tudo correr como o esperado, o novo espaço poderá estar em funcionamento até final do próximo ano.

cartaxoassaltomaoarmada

Um homem de 68 anos foi assaltado à mão armada esta quarta-feira, 10 de outubro, enquanto caminhava numa rua dentro da cidade do Cartaxo, onde dois assaltantes lhe roubaram os dois anéis e a aliança de casamento que usava nas mãos.

Segundo a queixa-crime que a própria vítima apresentou na esquadra da PSP, o homem foi abordado por um indivíduo que empunhava uma arma de fogo, tendo aparecido de seguida um segundo ladrão, também armado, que guiou depois o carro em que os assaltantes fugiram.

A vítima deixou uma descrição física dos autores do crime à PSP, que está a investigar o caso.

Entretanto, e uma vez que se trata de um crime que envolve armas de fogo, a situação já foi comunicada à Polícia Judiciária (PJ).

algemado

Um homem, de 23 anos, foi detido pela PSP de Torres Novas esta terça-feira, 9 de outubro, por ser suspeito de ter lançado fogo numa área de restolho e perto de residências.

"Foram ateados dois focos de incêndio, separados por poucos metros, tendo sido extintos por testemunhas, evitando males maiores", explica a PSP, acrescentando que o detido foi já apresentado a primeiro interrogatório no tribunal de Santarém, tendo-lhe sido aplicada a medida de prisão preventiva.

Numa outra situação ocorrida no mesmo dia, mas em Abrantes, a polícia deteve um homem, de 49 anos de idade, em virtude de terem sido encontradas na sua posse várias armas brancas, incluindo bastões e navalhas, ferramentas, pés de “cabra”, entre outros objectos.

O suspeito foi apresentado esta quarta-feira a julgamento no tribunal de Abrantes, tendo o processo baixado a inquérito e o homem sido constituído arguido e ficado sujeito a termo de identidade e residência.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis