chamusca appmicromineiro keepcalm

Sociedade

agressao

Um homem, detido por suspeitas da prática de violência doméstica, foi presente esta quarta-feira, 15 de fevereiro, ao Tribunal de Santarém, que o manteve em liberdade mas lhe aplicou várias medidas de coação, entre as quais a obrigação de não se aproximar nem permanecer na residência da ofendida ou nas suas imediações.

O homem está ainda proibido de contactar, por qualquer meio, com a vítima, com fiscalização por meios eletrónicos num raio não inferior a 150 metros; e proibido igualente de adquirir, usar ou deter armas ou qualquer utensílio que facilite a prática de crimes.

Segundo a Procuradoria de Santarém, “”a juíza de Instrução Criminal considerou fortemente indiciado que durante um período temporal de cerca de dois anos, o arguido, em diversas ocasiões, agrediu física e verbalmente a vítima, com quem viveu em união de facto. Terá, igualmente, destruído diversos objetos pertencentes à companheira.

O inquérito prossegue no Departamento de Investigação e Ação Penal de Santarém.

algemado

A GNR de Abrantes deteve esta quinta-feira, 16 de fevereiro, em Ortiga, no concelho de Mação, um homem com 45 anos, sobre o qual pendia mandado de detenção pela prática do crime de burla informática agravada.

O individuo, com antecedentes criminais, foi entregue no Estabelecimento Prisional de Torres Novas, para cumprimento da pena de prisão efetiva de 1 ano e 2 meses.

pj

A Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo da Polícia Judiciária (PJ), identificou e deteve, um homem, de 49 anos de idade, por fortes indícios da prática de crimes de abuso sexual de crianças.
Segundo a PJ, “a investigação apurou que os abusos sexuais terão tido início há cerca de três anos, quando a vitima tinha 12 e repetiram-se até agora”.

Sem precisar o concelho, a Judiciária confirma que “os factos ocorreram no distrito de Santarém” e, sem revelar o parentesco, refere que “o detido e a vítima são familiares e residiam na mesma habitação, onde os factos terão sido cometidos”.

O suspeito já foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de apresentações bissemanais no posto policial mais próximo da residência, proibição de contactos com a menor e abandono da residência atual.

Desert Challenge 2017