chamusca apptagus

Sociedade

incendio couco

IMAGEM DE ARQUIVO / ILUSTRATIVA

O incêndio que está ativo desde as 00h01 de terça-feira, 15 de agosto, em Aboboreira, no concelho de Mação é a maior fonte de preocupação da proteção civil do distrito de Santarém, estando no local, às 14h00 desta quarta-feira, 16 de agosto, 379 operacionais, apoiados por 107 veículos terrestres e 14 meios aéreos.

Ontem ao final da tarde e durante a noite, as chamas estiveram muito próximas das aldeias de Cerro do Outeiro, Casalinho, Serra e Abobobeira, que estão agora mais tranquilas, apesar do fogo manter duas frentes ativas.

Durante a noite, o vento dificultou em muito o trabalho dos operacionais mas os bombeiros conseguiram defender as pessoas e as casas, sendo que alguns idosos e acamados foram transferidos para as instalações da Santa Casa da Misericórdia de Mação.

O incêndio de Mação é proveniente de Vila de Rei, distrito de Castelo Branco.

Às 9h00 estavam várias estradas cortadas, nomeadamente a EN 244-3 entre Louriceira e Serra, EM 1284 entre Chão Codes e Vila de Rei, EM 548, entre Chão de Codes e Aboboreira, CM 1284, CM 75, e CM 1285.

regiaoincendios

Os incêndios florestais de maior dimensão que afetaram o distrito de Santarém estão todos em fase de conclusão ou resolução, na manhã desta terça-feira, 15 de agosto.

Segundo a página da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), os fogos que deflagraram na freguesia do Beco, concelho de Ferreira do Zêzere, a 11 de agosto, e em Fontes, concelho de Abrantes, no dia 14, estão em resolução.

Em termos de meios no local, o incêndio de Ferreira do Zêzere concentra ainda 176 bombeiros, apoiados por 55 viaturas, ao passo que o de Abrantes movimenta 134 operacionais, apoiados por 34 veículos.

Já os fogos florestais que deflagraram em Serra e Junceira, concelho de Tomar, no dia 12, e em Fontes, Abrantes, no dia 9 de agosto, estão em conclusão, segundo a ANPC.

santaremruadaesperanca

Duas pessoas ficaram feridas ao ser atropeladas por uma viatura ligeira na Rua da Esperança, na zona do Hospital da CUF em Santarém, pouco antes das 17 horas desta terça-feira, 14 de agosto.

As vítimas, que não inspiravam cuidados de maior, foram assistidas no local e transportadas ao Hospital de Santarém.

As operações de socorro envolveram 10 elementos dos Bombeiros Municipais de Santarém e Bombeiros Voluntários de Almeirim, apoiados por quatro viaturas, tendo a PSP de Santarém também estado no local.

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões