banner rederegional casaPiaavisan2018

A abertura do troço da Estrada Nacional 114 (EN114) entre o planalto de Santarém e a Ponte D. Luís está dependente do resultados das medições dos inclinómetros, instrumentos utilizados para medir deformações.

A explicação foi dada à Rede Regional na manhã desta quarta-feira, 24 de outubro, pelo Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques. Ao nosso jornal, o governante explicou que as Infraestruturas de Portugal (IP), em parceria com o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), estão a realizar diversos estudos e análises para certificar se as questões de segurança estão todas cumpridas.

Neste aspeto, as medições com os inclinómetros serão fundamentais para a tomada de decisão, tendo Pedro Marques referido que há a expetativa de que todo o processo fique pronto nas próximas semanas para que a reabertura possa acontecer "até final do ano".

Recorde-se que a estrada está encerrada ao trânsito desde agosto de 2014, há mais de 4 anos, devido a uma derrocada na encosta, que obrigou a obras de estabilização e contenção de potenciais novos deslizamentos.

Há cerca de um mês, na altura em que a Câmara de Santarém terminou a intervenção de fundo realizada naquela parte das barreiras, fonte da IP disse à agência Lusa que a reabertura poderia acontecer em "meados de outubro", prazo agora adiado até final do ano.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves