chamusca ehtoiromicromineiro slide

santaremalcanhoesexploivos

A GNR de Santarém deteve um homem que foi apanhado na posse de vários explosivos e material de guerra, escondidos na sua residência em Alcanhões, concelho de Santarém.

Os militares do Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Santarém entraram na casa do suspeito pelas 7 horas da manhã de sexta-feira, 31 de agosto, para dar cumprimento a um mandado de busca domiciliária relacionado com tráfico de estupefacientes, mas acabaram por encontrar outro tipo de material ilícito.

Segundo um comunicado de imprensa do Comando da GNR de Santarém, foram encontradas e apreendidas “diversas granadas, vários cartuchos com pólvora, munições de diversos calibres, uma arma de calibre 9 mm, um sabre-baioneta de uma pistola metralhadora AK-47 e outros artigos de cariz pirotécnico e explosivo”.

Perante a descoberta, foram chamados ao local uma equipa da Unidade de Inativação de Explosivos da GNR e a Polícia Judiciária, numa operação de grande aparato que só terminou pelas 16 horas da tarde, e provocou grande curiosidade entre os habitantes da vila.

A Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Santarém está agora a investigar a origem de todo o material encontrado, bem como qual o destino que o suspeito lhe queria dar.

No que se refere à droga, a GNR encontrou na sua residência seis pés de canábis e dois recipientes para a secagem das mesmas, adianta o mesmo comunicado de imprensa.

O suspeito, de 40 anos e natural de Alcanhões, foi detido para ser presente este sábado no Tribunal de Santarém, onde o juiz de instrução criminal determinou que vai aguardar julgamento em liberdade, sujeito a apresentações semanais no posto da GNR de Santarém.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis