chamusca ehtoiromicromineiro slide

gnr geral

Três dos cinco detidos esta sexta-feira, 6 de julho, pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Coruche, por suspeita de tráfico de estupefacientes na Amadora e Coruche, vão ficar a aguardar julgamento em prisão preventiva.

Segundo fonte da GNR, os três suspeitos que ficam em prisão preventiva sãoduas mulheres e um homem, com idades de 21, 25 e 46 anos.

Ainda segundo a mesma fonte, o indivíduo do sexo masculino, agora preso preventivamente, foi um dos dois detidos na zona de atuação da PSP da Amadora pelo NIC Coruche (flagrante delito por tráfico de droga).

Recorde-se que a operação teve origem numa investigação que decorria há vários meses por tráfico de estupefacientes com ligações a um bairro da vila de Coruche, e culminou com a detenção em flagrante delito de dois suspeitos, na Amadora, quando estes estariam a transacionar produto estupefaciente e, em simultâneo, na realização de cinco buscas domiciliárias, em Coruche, onde foram detidos os restantes três suspeitos.

No decurso das diligências foram apreendidas 308 doses de heroína, 200 doses de cocaína, 2 armas de fogo, 4 viaturas e diversos telemóveis.

A operação do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Coruche foi reforçada por militares dos comandos territoriais de Santarém e de Leiria, da Unidade de Intervenção, num total de 77 militares empenhados.

Os detidos foram presentes este sábado a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial do Cartaxo.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis