chamusca natalmicromineiro slide

calor termometro

A massa de ar quente prevista pela meteorologia para os próximos dias já está a entrar no território de Portugal continental e as temperaturas vão subir bastante nos próximos dias com as máximas a atingirem os 40 graus na segunda-feira na região de Santarém.

Mas o calor forte começa já este domingo, dia 17, com 36 de máxima prevista para o distrito de Santarém, uma situação que se vai manter ao longo de toda a semana, com as temperaturas máximas entre os 35 e os 41 graus.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recorda que o calor pode ter efeitos negativos na saúde e que a população se deve hidratar e manter as casas frescas. Para proteger a saúde, a DGS recomenda que, durante os dias mais quentes, a população se mantenha hidratada, se proteja do calor, mantenha a casa fresca e fique em contacto e atento aos outros.

Recomenda ainda especial atenção, entre outros grupos, aos doentes crónicos, crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida e aconselha a população a evitar zonas de poluição elevada, lembrando que “as temperaturas elevadas e a poluição do ar estão muitas vezes associadas”.

Aconselha ainda a que se evite a exposição direta ao sol, especialmente entre as 11h00 e as 17h00, e as atividades físicas no exterior, principalmente nos horários mais quentes.

No exterior, recomenda à população que procure locais à sombra e frescos, use roupas leves, claras e soltas, chapéu e óculos com proteção contra a radiação UVA e UVB.

Aconselha ainda o uso de protetor solar com índice de proteção igual ou superior a 30 sempre que se estiver ao ar livre, renovando a aplicação a cada duas horas.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves