app chamuscamicromineiro slide

madeira

Santarém é um dos distritos que vai ter mais parques de madeira queimada criados por empresas do setor, num total de 4, os mesmos que em Braga e castelo Branco e menos um que em Viseu.

A informação é da Associação das Indústrias da Madeira e do Mobiliário de Portugal (AIMMP) que hoje avançou à agência Lusa que dos 25 parques aprovados na candidatura do consórcio de 14 empresas do setor, 17 são ampliações de estruturas existentes e oito são parques criados de raiz, sendo que a maioria (16) são para armazenar madeira de serração (com diâmetro superior a 20 centímetros), havendo seis para madeira de trituração (abaixo dos 20 centímetros) e três mistos.

No consórcio, estão empresas de serração, de ‘pellets’ e de fabrico de paletes, entre outras. Apesar da maioria dos espaços serem para madeira de serração, está previsto um armazenamento superior de madeira de trituração: 569 mil toneladas contra 427 mil toneladas de madeira com diâmetro superior a 20 centímetros.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis