app chamuscamicromineiro slide

gnr pombal

Uma mulher, de 40 anos de idade, residente em Almeirim, foi identificada e constituída arguida por suspeita de recetação de artigos provenientes de diversos furtos em interior de residência.

O caso ocorreu na sexta-feira, 5 de janeiro, na sequência de um processo de investigação de um furto em interior de residência, ocorrido em 31 de dezembro de 2017, na zona da Guia.

Na sexta-feira, militares do Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Pombal deram cumprimento a três mandado de busca, dos quais um domiciliário e dois a veículos, todos em Almeirim, que resultaram na apreensão de diversos objetos em ouro, uma televisão plasma, um candeeiro e uma mesa de centro.

Segundo a GNR, a mulher foi constituída arguida e sujeita a Termo de Identidade e Residência, pela suspeita da prática do crime de recetação. Neste processo já havia sido constituído arguido um homem, de 30 anos, e recuperados três anéis em ouro, também alvo de furto.

Esta ação contou com a colaboração do Destacamento de Intervenção de Leiria.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis