chamusca appelgalego natal2017

santaremjulgamentomultibanco

Nove arguidos, suspeitos de estarem envolvidos em três assaltos a caixas Multibancos com recurso a explosões por injeção de gás, vão começar a ser julgados esta quinta-feira, 12 de outubro, no Tribunal de Santarém.

Os indivíduos, com idades entre os 22 e os 37 anos, estão acusados pelo Ministério Público (MP) de vários crimes de incêndio e explosões, furto qualificado, quer na forma consumada e na forma tentada, e detenção de arma ilegal, entre outros.

O primeiro assalto ocorreu em Casével, no concelho de Santarém, na madrugada de 5 de outubro de 2015, quando os autores do crime explodiram a caixa Multibanco colocada junto à escola básica da aldeia.

Segundo o Despacho de Acusação do MP, a que a Rede Regional teve acesso, a mistura de gás destruiu por completo o equipamento, mas os autores do crime não conseguiram apoderar-se dos cerca de 4.100 euros que estavam no interior do cofre do ATM.

Na madrugada de 19 de outubro, alguns dos elementos do gang deslocaram-se a Alcorochel, no concelho de Torres Novas, onde rebentaram com o Multibanco instalado num anexo da coletividade da aldeia.

Desta vez, os suspeitos conseguiram fugir com 10.950 euros em dinheiro, que estavam no interior da máquina.

O gang acabou por ser travado durante uma tentativa de assalto ao Multibanco do Verdelho, no concelho de Santarém, a 11 de dezembro, numa operação montada pela Polícia Judiciária (PJ), que já andava no seu encalço.

Nessa noite, apenas o condutor da viatura em que escapavam dos locais foi detido, mas a PJ conseguiu capturar os restantes suspeitos, em momentos diferentes.

Dos nove arguidos, seis estão em prisão preventiva, um está a cumprir pena à ordem de outro processo e dois estão em liberdade, sujeitos a Termo de Identidade e Residência.

O grupo vai também responder por três assaltos a residências no Entroncamento, Ourém e Pombal, onde, além de outros objetos valiosos, roubaram dois dos carros que utilizaram nos assaltos às caixas Multibanco.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis