chamusca appfestival bike2017

manuel duarte

O homem de 81 anos residente na freguesia de Abitureiras, concelho de Santarém, que na quarta-feira, 12 de julho, disparou sobre o genro, de 50 anos, ferindo-o na cara com tiros de caçadeira, vai ficar a aguardar julgamento confinado a uma residência situada noutra freguesia e sem contactar a vítima.

Manuel Duarte, que foi presidente da Junta de Freguesia de Moçarria, também no concelho de Santarém, após o 25 de Abril, foi detido fora de delito e presente esta sexta-feira, 14 de julho, a primeiro interrogatório judicial, indiciado pelo crime de homicídio simples na forma tentada.

Segundo a Procuradoria do Ministério Público da Comarca de Santarém, “o arguido é suspeito de, na sequência de desavenças por causa de heranças e partilhas, ter disparado contra o genro, com uma espingarda caçadeira”.

A vítima, Jorge Esteves, de 50 anos, funcionário de uma loja de pneus em Vale de Estacas, foi atingida na face esquerda, tendo sido assistido no hospital mas não correndo perigo de vida.

O Ministério Público entende que, no caso, se encontram verificados os perigos de continuação da atividade criminosa e de alteração da ordem e tranquilidade públicas mas, pelo facto do arguido ter 81 anos e tendo em conta que se trata de uma pessoa doente, com necessidade de observação médica frequente, não solicitou a sua detenção em estabelecimento prisional.

Manuel Duarte, que foi durante vários anos gerente da empresa Oliveira, Mendes e Duarte, terá no entanto de ficar afastado do ofendido e, como os dois homens residiam em casas situadas em terreno contíguo, foi promovido que passasse a habitar outra freguesia do concelho de Santarém.

Fica ainda proibido de contactar o ofendido por qualquer forma, de se ausentar da nova morada e de frequentar a freguesia habitada pelo genro, estando ainda obrigado a apresentações semanais no posto da GNR da sua nova residência.

O inquérito corre termos no DIAP de Santarém e, na investigação, o Ministério Público é coadjuvado pela Policia Judiciária.

Operações de busca e resgate aquático - Fotos João Dinis