chamusca appmicromineiro slide

radares detetor

O Destacamento de Trânsito do Comando Territorial da GNR de Santarém, apreendeu, entre os dias 30 de junho e 3 de julho, três equipamentos detetores de radares, durante a primeira fase da Operação “Hermes-Viagem Tranquila”.

Segundo a GNR, “durante as ações de fiscalização, os militares verificaram a existência dos detetores de radares no interior dos veículos, os quais se destinam a revelar a presença de aparelhos especiais de controlo de velocidade em uso nas forças de segurança”.

Os condutores foram identificados e foram elaborados os respetivos autos de contraordenação.

Em Portugal, a lei proíbe “a instalação e utilização de quaisquer aparelhos, dispositivos ou produtos susceptíveis de revelar a presença ou perturbar o funcionamento de instrumentos destinados à detecção ou registo das infracções”.

Quem infringir a Lei “é sancionado com coima de 500 a 2.500 euros e com perda dos objectos, devendo o agente de fiscalização proceder à sua imediata remoção e apreensão ou, não sendo ela possível, apreender o documento de identificação do veículo até à efectiva remoção e apreensão daqueles objectos”.

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões