chamusca appelgalego natal2017

tomarmotardmorte

Um motard de 39 anos morreu na noite deste sábado, 10 de junho, na sequência de uma briga que ocorreu durante uma concentração de motos na localidade do Coito, concelho de Tomar.

O óbito está anunciado na página do Facebook do clube motard “Os Últimos do Ribatejo”, com sede no Sardoal, do qual a vítima era membro e dirigente dos corpos sociais.

É com profunda tristeza e pesar que damos conhecimento do falecimento de Hugo Jacob, sócio e elemento dos órgãos sociais deste clube”, lê-se na mensagem de pesar, que termina com os sentimentos à família e um “Amigo, onde estiveres, descansa em paz!”

Natural do Tramagal, no concelho de Abrantes, Hugo Jacob residia atualmente na freguesia do Souto.

Ao que a Rede Regional conseguiu apurar, os desacatos ocorridos durante o encontro anual do Grupo Motard Templários, de Tomar, já estão a ser investigados pela Polícia Judiciária (PJ), depois da GNR ter tomado conta da ocorrência.

A vítima mortal ter-se-á envolvido numa briga com outros participantes na concentração motard, tendo caído ao chão inanimado na sequência de agressões físicas.

Apesar das manobras de reanimação que foram efetuadas pelos bombeiros de Tomar, o homem acabou por falecer.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis