chamusca appelgalego natal2017

Três dos sete elementos de uma alegada rede organizada que se dedicava ao tráfico de estupefaciente detidos no dia 16 de março, quinta-feira, pela PSP de Abrantes, vão aguardar julgamento em prisão preventiva.

Segundo o Comando Distrital de Polícia de Santarém, "depois de todos os arguidos terem sido interrogados ao longo de sexta-feira e quase todo dia de sábado (...), a três dos arguidos foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva, aguardando nessa condição os ulteriores termos do processo".

Recorde-se que, como a Rede Regional referiu na altura, os detidos, seis homens e uma mulher, com idades entre os 18 e os 50 anos, foram detidos durante uma operação que culminou na apreensão de uma quantidade suficiente para cerca de 2075 doses de haixe, sementes de canábis, liamba, uma balança de precisão e outros utensílios próprios para a preparação e dosagem do produto estupefaciente.

Foram ainda apreendidas duas viaturas automóveis, diversas armas proibidas, telemóveis, tablets e outros equipamentos informáticos.

As detenções ocorreram na sequência de uma investigação que culminou com execução de sete mandados de busca domiciliária e três mandados de detenção emitidos pelo Ministério Público

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis