chamusca latitude4micromineiro slide

alpiarcamercadomunicipalfachada

O funcionário da Câmara de Alpiarça que sobrevivia em condições miseráveis no mercado municipal da vila está a pernoitar e fazer a sua higiene pessoal no quartel dos bombeiros municipais.

Esta foi a solução temporária encontrada pela autarquia, que, segundo o presidente Mário Pereira, vai também prestar-lhe apoio através dos serviços de ação social para tentar resolver os graves problemas de alcoolismo que o homem enfrenta.

Segundo o autarca, a Câmara está também a tentar mediar uma solução definitiva que envolva a família do funcionário e a Segurança Social.

O drama pessoal deste homem, de 47 anos, foi tornado público por um munícipe que recolheu imagens do interior do mercado municipal, onde o homem vivia sem as mínimas condições de salubridade e higiene.

O funcionário, que já tinha sido transferido dos bombeiros municipais para o mercado devido ao seu problema com o álcool, não tinha água quente para tomar banho, cozinhava numa divisão imunda e dormia em colchões velhos rodeado de dejetos de animais.

Segundo Mário Pereira, a Câmara deu-lhe autorização para pernoitar temporariamente no mercado após uma desavença familiar, mas desconhecia as condições desumanas em que o homem sobrevivia.

O espaço que utilizava já foi limpo e arrumado, acrescentou ainda o presidente da autarquia.

Notícia relacionadas

Funcionário da Câmara sobrevive em condições desumanas no mercado municipal

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões