banner chamusca meninabambu

Sociedade

edp

A EDP Distribuição vai realizar uma série de cortes de energia este domingo, 22 de janeiro, sendo que alguns deles vão afetar vários concelhos do distrito de Santarém.

A operação, que visa a remodelação e conservação das redes de distribuição, obriga à interrupção da alimentação da energia elétrica durante várias horas, nomeadamente entre as 6 horas e as 13 horas, podendo em alguns casos a interrupção demorar menos tempo.

Na região há quatro concelhos afetados - Cartaxo, Ferreira do Zêzere e Tomar, todos no distrito de Santarém, e Azambuja, no distrito de Lisboa - sendo que a maior interrupção vai verificar-se no concelho de Tomar.

Além destes 4 concelhos, os cortes serão feitos igualmente nos concelhos de Coimbra, Figueira da Foz, Santo Tirso, Trofa, Lisboa e Albufeira.

Numa resposta envida à agência Lusa, a empresa afirma que "os trabalhos são realizados no mais curto espaço de tempo sendo a sua duração, em regra, menor que a que é indicada".

 gnr edp coruche

A EDP, a Câmara Municipal e a GNR de Coruche, desmantelaram esta sexta-feira, 20 de janeiro, uma rede ilegal de puxadas elétricas que visavam o abastecimento de um bairro na Azervadinha, naquele concelho do sul do distrito de Santarém.

A operação, que contou com o apoio do Destacamento de Intervenção de Santarém, permitiu identificar e destruir 35 puxadas elétricas ilegais, apreender centenas de metros de cabo elétrico e detetar 3 infrações por falta de licenciamento e registo de canídeos.

Recorde-se que na quarta-feira, 18 de janeiro, uma operação semelhante terminou com uma outra rede ilegal de “puxadas” elétricas que visavam o abastecimento de um bairro em Coruche.

De acordo com a guarda, a operação permitiu identificar e destruir 56 puxadas elétricas ilegais, apreender centenas de metros de cabo elétrico, detetar 16 infrações por falta de licenciamento e registo de canídeos e recuperar três painéis metálicos que tinham sido furtados da vedação de uma escola local.

gelo

O frio que se tem feito sentir nos últimos dias, nomeadamente nas duas últimas noites e madrugadas, provocou inúmeros rebentamentos de canos, condutas e até contadores de água às empresas que gerem o abastecimento em grande parte do distrito de Santarém.

A situação mais complicada verifica-se com a empresa intermunicipal Águas do Ribatejo, que nas últimas 30 horas já registou mais de 300 pedidos de intervenção, 200 dos quais relacionados com rebentamento de contadores devido à formação de gelo nos tubos, havendo também 15 roturas em reparação.

As roturas e avarias aconteceram com maior incidência nas zonas rurais nos Municípios de Salvaterra de Magos, Alpiarça, Almeirim, Chamusca, Torres Novas, Coruche e Benavente, sendo que os incidentes obrigaram a suspender o abastecimento e provocaram constrangimentos a dezenas de clientes.

Segundo a Águas do Ribatejo, as roturas mais graves, nas condutas adutoras, estão reparadas, não havendo de momento interrupções generalizadas de abastecimento de água.

A empresa diz também que as equipas dos piquetes e das reparações foram reforçadas com operacionais e técnicos superiores e foram recrutadas empresas especializadas logo que se avaliou a dimensão do fenómeno . "As equipas estão a proceder à reparação nos moldes possíveis dadas as contingências . Iremos trabalhar em horário contínuo durante todo o fim de semana afim de repor a normalidade com a maior celeridade", afirma a empresa, solicitando aos clientes que "em caso de avaria  rotura ou fraca pressão ligue 263 509 400 ate às 18h00 e 800202040 após as 18h00 e durante o fim de semana".

 

Águas de Santarém com o mesmo problema

A situação vivida nos sete municípios abastecidos pela Águas do Ribatejo estende-se também a Santarém. Em comunicado, a Águas de Santarém refere que devido às baixas temperaturas que se fazem sentir na região algumas infraestruturas de abastecimento de água ficaram danificadas.

"A Águas de Santarém tem procurado responder de forma célere a diversas solicitações para reparação de roturas e de avarias. Este tipo de incidentes está a ter maior ocorrência nas zonas rurais, pelo que a Águas de Santarém já reforçou as suas equipas operacionais durante o dia de hoje e para o fim de semana", afirma a empresa.

Desert Challenge 2017