chamusca baguncadabanner tasquinhas2017

Saúde

barquinhacentrosaude

A Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha vai adquirir uma viatura elétrica para a saúde, com o objetivo de levar a prestação de cuidados aos residentes em todas as freguesias do concelho, evitando as suas deslocações.

“O veículo terá uma equipa de saúde e a gestão será feita pelo ACES Médio Tejo em parceria com o município”, informa uma nota de imprensa da autarquia, onde é explicado que a compra será realizada no âmbito de um protocolo de cooperação com a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), que tem em curso uma candidatura a fundos comunitários para a aquisição deste tipo de viaturas.

A viatura vai facilitar as deslocações dos técnicos de saúde das várias unidades que asseguram os cuidados à população da área geográfica do concelho, e que é assegurada “pelo Centro de Saúde de Vila Nova da Barquinha, onde funciona a Unidade de Saúde Familiar Barquinha (USF Barquinha), a Unidade de Cuidados na Comunidade Almourol (UCC Almourol), estando nesta implementada uma Equipa de Cuidados Continuados Integrados (ECCI)”.

Recorde-se que, em abril de 2015, a autarquia cedeu uma viatura nova à UCC Almourol para reforço da prestação de cuidados de saúde, apoio psicológico e social, no âmbito domiciliário e comunitário, a cerca de 8200 utentes.

abrantesunidademovelsaude

A Câmara de Abrantes vai adquirir uma unidade móvel de saúde para prestar cuidados de saúde de proximidade à população do concelho e realizar ações de prevenção e vigilância de doenças e fatores de risco.

A aquisição vai ser concretizada no âmbito de protocolos com a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), no seguimento de uma candidatura para aquisição de 13 viaturas elétricas adaptadas para unidade móveis de intervenção precoce e cuidados de saúde.

Esta candidatura da CIMT ao Programa Operacional Regional Centro 2020, segundo uma nota de imprensa da Câmara de Abrantes, permite que cada um dos municípios que a compõem tenha uma destas viaturas.

O protocolo com a ARSLVT refere-se à cooperação no aluguer das baterias para a unidade móvel e à disponibilização de técnicos de saúde e do material de consumo clínico e médico necessário para a utilização da viatura, segundo uma nota de imprensa da Câmara.

A autarquia assume a propriedade do veículo e ficará responsável pelo pagamento do aluguer das baterias, sendo, posteriormente ressarcida desses montantes financeiros, pela ARSLVT.

hospital santarem

Os Deputados do PSD eleitos por Santarém, propuseram esta segunda-feira, 13 de fevereiro, ao Ministro da Saúde, a inclusão do Hospital Distrital de Santarém na lista de unidades abrangidas pelo regime excecional que permite incentivos extra aos médicos que queiram trabalhar nas denominadas "zonas carenciadas".

O pedido dos social democratas surgiu depois de terem reunido com a administração do Hospital Distrital de Santarém, uma reunião onde as condições de atratividade de médicos foi um dos principais focos.

Na reunião, a administração da unidade de saúde afirmou ter capacidade orçamental para suportar os incentivos, e, sabendo que há uma absoluta necessidade de contratar médicos e reconhecendo que os hospitais situados na região de Lisboa exercem uma enorme concorrência na contratação de profissionais, os deputados do PSD consideram que "faz todo o sentido que esta unidade possa ser incluída na lista de unidades e especialidades médicas que podem usufruir das condições previstas".

Este regime excecional permite aos hospitais pagar um rendimento superior, além de outras contrapartidas excecionais, aos médicos que aceitarem trabalhar nestas regiões.

A lista de unidades que podem usufruir deste estatuto é definida no primeiro trimestre de cada ano pelo Ministro da Saúde e pelo Ministro das Finanças.

Carnaval Samora Correia - Fotos João Dinis

×