chamusca ensaiobambu

Saúde

usf almeida garrett planalto

A Unidade de Saúde Familiar (USF) Almeida Garret, situada em São Bento, na cidade de Santarém, foi certificada com o nível de "Bom" pelo Comité de Certificação do Departamento da Qualidade na Saúde.

A unidade de saúde, pertencente ao Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da Lezíria, coordenada pelo médico João Carlos Pita Soares, realizou o processo de certificação em conformidade com as especificações e critérios estabelecidos no Manual de Standards de Unidades de Gestão Clínica de Cuidados de Saúde Primários, sendo que inicia agora, um período de autoavaliação de acompanhamento, desenvolvendo atuações que lhe permitirão implementar as áreas de melhoria detetadas durante as fases do processo de certificação, bem como, estabilizar os parâmetros considerados como cumpridos.

salvaterraforosextensaosaude

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos conseguiu garantir que os médicos contratados para a extensão de saúde da freguesia da Glória do Ribatejo prossigam os seus contratos de trabalho a partir desta segunda-feira, 2 de janeiro.

A informação vem de uma nota de imprensa da própria autarquia, que adianta que o Ministério da Saúde assumiu também o compromisso “de, apesar das saídas em mobilidade, assegurar sempre dois médicos de família no centro de saúde de Salvaterra de Magos”.

Recorde-se que, na semana passada, o presidente da Câmara, Hélder Esménio, veio a público alertar para a possibilidade de encerramento das extensões de saúde da Glória do Ribatejo e dos Foros de Salvaterra, por falta de médicos, e do funcionamento parcial do Centro de Saúde da sede de concelho apenas com um clínico a meio tempo.

Seria, segundo o autarca, uma situação muito grave que poderia deixar mais de 16 mil pessoas sem qualquer tipo de assistência médica, logo no início de 2017.

Segundo o novo acordo com o ministério e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS-LVT), vão “manter-se dois médicos contratados com horas para apoiar os utentes de Foros de Salvaterra, mantendo-se também nesta extensão o médico de família que ali presta serviço a meio tempo”.

Na extensão de saúde de Marinhais, vão continuar os três médicos de família, “solução ajustada às necessidades depois do reforço conseguido no ano transato de fixação na freguesia de dois médicos do Serviço Nacional de Saúde”, explica ainda a mesma nota.

cuidados continuados entroncamento

A Unidade de Cuidados Continuados Integrados da Santa Casa da Misericórdia do Entroncamento foi acreditada, com o nível de qualidade Bom, pela Direção Geral de Saúde.

Em nota de imprensa, os responsáveis da instituição referem que “tem sido uma preocupação constante melhorar a qualidade dos serviços prestados” e que “esta aposta, nomeadamente ao nível dos serviços de saúde, pretende, assim, devolver a confiança e a credibilidade à comunidade”.

“A acreditação concedida à Unidade de Cuidados Continuados Integrados é, precisamente, um reflexo do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido”, concluem os responsáveis da Santa Casa da Misericórdia do Entroncamento.

Desert Challenge 2017