chamusca appcoruche sabores-tasquinhas

Saúde

cartaxofeirasaude

A Câmara Municipal do Cartaxo está a organizar 4ª edição da “semana da saúde”, uma iniciativa que se realiza entre os dias 12 e 20 de abril, com muitas atividades ligadas à prevenção de doenças, à alimentação, ao exercício físico e à promoção de estilos de vida saudáveis.

“Durante nove dias, decorrerão sessões de informação e apresentações temáticas com a participação de técnicos, instituições e especialistas, com o objetivo de refletir sobre temas como a importância de hábitos de alimentação saudável, o alcoolismo ou o uso responsável do medicamento”, explica uma nota de imprensa da autarquia, que organiza esta iniciativa em parceria com várias entidades públicas e privadas.

No dia 14 de abril, sábado, a “semana da saúde” instala-se todo o dia na Praça 15 de Dezembro, em frente ao edifício da Câmara Municipal, oferecendo à população a “Feira da Saúde”, um “espaço de encontro entre utentes e instituições públicas e privadas que desenvolvem atividades e projetos nesta área”, de acordo com a mesma nota do município.

Esta “semana da saúde” conta com ações descentralizadas em todas as freguesias do concelho, em oito localidades que vão receber rastreios gratuitos, ao passo que os agrupamentos de escolas acolhem o projeto “Geração Saudável”, promovido pela Ordem dos Farmacêuticos.

O programa completo, composto por dezenas de atividades, pode ser consultado na página da Internet da Câmara do Cartaxo, em www.cm-cartaxo.pt.

enfermeiros

53 enfermeiros e 29 assistentes operacionais dos serviços de urgência do Hospital de Abrantes, pertencente ao Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), pediram transferência em bloco para outros serviços, alegando exaustão, falta de condições de trabalho e escassez de recursos humanos.

A confirmação foi dada à agência Lusa por João Damásio, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), que explicou que os enfermeiros são em número insuficiente no Serviço de Urgência de Abrantes, um problema que se arrasta há cinco anos e com os profissionais exaustos, tendo feito já cerca de mil horas extraordinárias nas urgências hospitalares, só nestes primeiros meses do ano, "situação insustentável para os profissionais e para a segurança dos próprios doentes".

Em comunicado, o Conselho de Administração do CHMT garante que os enfermeiros já foram ouvidos e anotados os constrangimentos por eles apresentados, mas assegura que este Serviço de Urgências tem as dotações seguras e de acordo com a legislação em vigor.

"O Serviço de Urgências Médico Cirúrgicas tem 77 enfermeiros e 40 assistentes operacionais", explica o comunicado, acrescentando que "durante o mês de março de 2018 foram realizados uma média de 142 atendimentos, por dia, o que perfaz uma diminuição de atendimentos face a março de 2017".

O CA do CHMT confirma a realização de cerca de 1000 horas extraordinárias, numa média inferior às 12 horas por profissional.

avc

A Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral (SPAVC) realiza esta quarta-feira, 4 de abril, no Centro Comercial W Shopping, em Santarém, um rastreio à população, com avaliação dos parâmetros de fatores de risco para um AVC: hipertensão, diabetes, peso e perímetro abdominal.

A iniciativa pretende assinalar o Dia Nacional do Doente com Acidente Vascular Cerebral, que se celebrou a 31 de março, e sensibilizar as pessoas sobre o AVC e os fatores de risco.

Sebastião Barba, médico responsável pela organização, explica que "o AVC já tem tratamento e as pessoas devem ser mais rápidas que o AVC, ou seja, sempre que surjam os sinais de alerta - desvio da face, a falta de força num braço e a dificuldade na fala – devem ativar imediatamente o 112 para que o doente seja colocado de forma rápida numa unidade diferenciada e, posteriormente, possa ser feito o tratamento médico ou endovascular caso tenha esse tipo de necessidade.

A Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral é uma associação sem fins lucrativos que visa prevenir e reduzir a mortalidade, morbilidade e incapacidade devido ao AVC e promover o estudo, investigação e educação sobre esta doença, contribuindo assim para a melhoria da saúde em Portugal.

Cerimónia de Apresentação Santarém Cup 2018