banner chamusca meninabambu

Saúde

hospital santarem

O Movimento de Utentes dos Serviços Públicos (MUSP) de Santarém vai pedir a exoneração do presidente do Conselho Consultivo do Hospital Distrital de Santarém (HDS) e exigir ao Governo a nomeação imediata de um substituto.

A informação é avançada pela agência Lusa, que cita o porta-voz do MUSP Santarém, Augusto Figueiredo, em declarações feitas após uma reunião com o Conselho de Administração do HDS, que durou mais de três horas, e na qual foram discutidas questões como o funcionamento das Urgências, as obras no Bloco Operatório, as listas de espera para consultas e cirurgias, as reclamações de utentes e a falta de pessoal.

À Lusa, Augusto Figueiredo afirmou ser “inaceitável” que José Azevedo Pereira, designado pelo anterior Governo em novembro de 2015, apenas tenha convocado a reunião para a tomada de posse, tendo este órgão estado inativo desde então.

Na reunião foi ainda dado a conhecer o plano de recuperação das listas de espera para as consultas de especialidades e as cirurgias, estando, nomeadamente, prevista a realização de 500 cirurgias em ortopedia em três meses, adiantou.

O porta-voz do MUSP Santarém disse ainda à Lusa que vai ser solicitado à tutela que o HDS seja reconhecido como integrando uma zona carenciada, uma vez que a inclusão na Grande Lisboa retira capacidade de atração de recursos humanos.

heroisdafruta

Cerca de 400 alunos de cinco turmas de pré-escolar dos Jardins de infância (JI) do concelho de Almeirim, nomeadamente 3 do JI da EB dos Charcos e 2 do JI n.º 1, bem como 14 turmas do 1.º ciclo, das quais 9 da EB dos Charcos e 5 da EB Moinho de Vento, participaram esta sexta-feira, 6 de janeiro, na atividade “Festa Super Saudável”, que se realizou durante a manhã no centro Escolar dos Charcos.

Esta iniciativa insere-se no programa “Heróis da Fruta - Lanche Escolar Saudável”, o maior programa gratuito de educação para a saúde em Portugal, concebido especificamente para motivar as crianças entre os 2 e os 10 anos a adotar e manter hábitos saudáveis na sua rotina diária.

Os objetivos passam, entre outros, por incentivar as crianças a ingerirem fruta todos os dias, na escola e em casa, a conhecer a importância dos alimentos saudáveis para a manutenção da saúde, e encorajar as crianças a orgulharem-se de praticar um estilo de vida saudável.

O aumento da procura dos utentes pelos serviços de saúde da região levou o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da Lezíria a alargar e reforçar o horário de funcionamento de várias unidades de saúde, de forma a responder com maior eficácia às necessidades da população.

Em comunicado, o ACES Lezíria explica que o alargamento e reforço de horários é exclusivo para o atendimento de situações agudas.

Consulte AQUI os horários dos vários serviços.

Desert Challenge 2017