app chamuscamicromineiro slide

Saúde

hospital abrantes

“Se se gastam centenas de milhões a salvar bancos, porque é que não se tem o mesmo tratamento para com o Serviço Nacional de Saúde (SNS)?”, questiona a Coordenadora Distrital de Santarém do Bloco de Esquerda, que exige o reforço de meios humanos e melhores condições de trabalho na unidade de Abrantes do Centro Hospitalar Médio Tejo (CHMT).

Em comunicado, esta estrutura assinala que o “hospital de Abrantes continua a ser noticia pelo descontentamento crescente de profissionais que ali trabalham”, lembrando que “os enfermeiros e assistentes operacionais afectos às urgências apresentarem, em bloco, um pedido de mobilidade para outros serviços”.

Este foi “um facto inédito e um sério aviso à Administração, pois estes enfermeiros são formados para trabalharem especificamente nas urgências e a sua substituição por colegas de outros serviços diminui a qualidade do serviço”, explica o BE, sublinhando que a “situação já se arrasta desde 2012, aquando da reestruturação, levado a cabo pelo governo PSD/CDS, que centrou a urgência médico-cirúrgica” em Abrantes.

Segundo o mesmo comunicado, a situação é caótica, com “utentes em macas e cadeiras de rodas nos corredores das enfermarias”, “falta de privacidade”, “profissionais obrigados a trabalhar em espaços exíguos” e tendo “a seu cargo um numero muito superior de utentes”, num cenário onde as “baixas médicas aumentam” e as “substituições não acontecem sobrecarregando, cada vez mais, quem está nos serviços”.

A coordenadora distrital do BE, no comunicado, manifesta “apoio os profissionais do SNS nas suas reivindicações”, e assinala que “o problema das urgências do Hospital de Abrantes não se resolve só com a expansão da mesma. É preciso dar condições dignas aos profissionais e para isso a contratação de novos profissionais é fundamental”.

tomarTAChospital

O Hospital de Tomar recebeu um novo equipamento de Tomografia Axial Computorizada (TAC) que deverá estar ao serviço dos utentes dentro de um mês, aproximadamente, depois de concluídas as parametrizações do aparelho e a formação aos profissionais que o vão operar.

“Este novo equipamento é um reforço muito importante para o serviço de imagiologia, que será complementado em breve com um novo aparelho para a realização de exames de mamografia”, salientou Isidoro Costa, o diretor deste serviço na unidade de Tomar.

O médico sublinhou ainda “a comodidade para os doentes, que não terão de se deslocar para efetuar este exame e a motivação que representa para os recursos humanos internos”, fazendo votos que “este novo TAC possa, igualmente, servir para atrair mais médicos radiologistas” para o Centro Hospitalar Médio Tejo (CHMT).

O custo total da instalação do TAC ultrapassará os 200 mil euros, tendo em conta que, para além do equipamento, foi necessário proceder à requalificação das infraestruturas do espaço onde está instalado, explicou o presidente do Conselho de Administração do CHMT, Carlos Andrade Costa

cartaxofeirasaude

A Câmara Municipal do Cartaxo está a organizar 4ª edição da “semana da saúde”, uma iniciativa que se realiza entre os dias 12 e 20 de abril, com muitas atividades ligadas à prevenção de doenças, à alimentação, ao exercício físico e à promoção de estilos de vida saudáveis.

“Durante nove dias, decorrerão sessões de informação e apresentações temáticas com a participação de técnicos, instituições e especialistas, com o objetivo de refletir sobre temas como a importância de hábitos de alimentação saudável, o alcoolismo ou o uso responsável do medicamento”, explica uma nota de imprensa da autarquia, que organiza esta iniciativa em parceria com várias entidades públicas e privadas.

No dia 14 de abril, sábado, a “semana da saúde” instala-se todo o dia na Praça 15 de Dezembro, em frente ao edifício da Câmara Municipal, oferecendo à população a “Feira da Saúde”, um “espaço de encontro entre utentes e instituições públicas e privadas que desenvolvem atividades e projetos nesta área”, de acordo com a mesma nota do município.

Esta “semana da saúde” conta com ações descentralizadas em todas as freguesias do concelho, em oito localidades que vão receber rastreios gratuitos, ao passo que os agrupamentos de escolas acolhem o projeto “Geração Saudável”, promovido pela Ordem dos Farmacêuticos.

O programa completo, composto por dezenas de atividades, pode ser consultado na página da Internet da Câmara do Cartaxo, em www.cm-cartaxo.pt.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis