chamusca ensaiobambu

Saúde

centro saude generica

A Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo (CUSMT) revelou esta terça-feira, 25 de outubro, que no início de novembro vão ser colocados quatro médicos de família no concelho de Abrantes, o município da região onde existe maior carência de médicos desta especialidade.

A informação foi transmitida após uma reunião entre a comissão de utentes e a diretora executiva do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, Sofia Theriaga, em que foi abordado o problema dos cerca d e30 mil utentes sem médico de família na região.

A CUSMT garante ainda ter recebido indicações de que estão a ser elaboradas as minutas de protocolos para o aproveitamento dos meios complementares de diagnóstico e terapêuticos da região.

barragem magos poluicao

A mancha escura e de aspeto suspeito que foi detetada no espelho de água da Barragem de Magos ao início da noite desta sexta-feira, 21 de outubro, não era de origem poluente.

A garantia é dada pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, que, através de um comunicado de imprensa, informa que se tratou de um “falso alarme”.

“Os técnicos concluíram que se tratava de um processo de desenvolvimento de algas, não se tendo encontrado alguma substância que ponha em risco a população, o ambiente e o regadio”, explica a nota da autarquia.

As análises foram realizadas pela Unidade de Controlo Ambiental do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa e pelo Grupo de Intervenção Proteção e Socorro de Matérias Perigosas da GNR, que foram acionados para o local.

“Os resultados indicaram valores de ph normais, e, das análises efetuadas nos equipamentos de identificação de químicos e biológicos líquidos e sólidos, não se identificou qualquer matéria perigosa”, garante a Câmara Muncipal.

alpiarcacentrosaudeverdesmedicos

José Luís Ferreira, deputado do Partido Ecologista “Os Verdes”, entregou na Assembleia da República uma Pergunta onde questiona o Ministério da Saúde acerca da falta de médicos de família no centro de saúde de Alpiarça.

Recordando que a falta de clínicos nesta vila ribatejana já é problema antigo, o eleito recorda que o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da Lezíria tem 10 vagas por preencher, e que poderão ser colmatadas com o atual concurso para a colocação de 338 médicos de família a nível nacional.

“Para quando a colocação de médicos no ACES Lezíria, ao abrigo do concurso acima enunciado”, questiona José Luís Ferreira, que pretende também saber se “das vagas existentes para o ACES Lezíria, está prevista a colocação de mais médicos no Centro de Saúde de Alpiarça”.

Segundo números avançados pelo próprio deputado, há cerca de 3.400 utentes sem médico de família em Alpiarça, a aproximadamente 34 mil na área de abrangência do ACES Lezíria, que se estende pelos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém.

Segundo o documento entregue no Parlamento, há três municípios em “situação crítica”, Salvaterra de Magos (12.366 utentes sem médico), Rio Maior (9.652 utentes) e Almeirim (8.792 utentes), a que se juntam Chamusca e Alpiarça, onde metade da população não tem acesso a cuidados de medicina familiar.

Desert Challenge 2017