chamusca bibliotecatecfresh2018 slide

Saúde

hospital abrantes

O Movimento de Utentes dos Serviços Públicos (MUSP) do Médio Tejo exigiu esta quarta-feira, 26 de julho, maior qualidade no serviço de urgência dos hospitais de Abrantes, Tomar e Torres Novas e defendeu a abolição de portagens na A23 e A13.

Criticando a concentração da urgência na unidade hospitalar de Abrantes, o que "obriga à deslocação da população de toda a região para aquele hospital", os utentes defendem que a existência "de urgência médico-cirúrgica nas três unidades rentabiliza a prestação de cuidados e é uma mais valia para toda a população".

O MUSP recolheu 10 mil assinaturas em todos os concelhos do Médio Tejo pelo avanço das obras de requalificação da urgência em Abrantes e pelo reforço desse serviço nas urgências básicas de Tomar e Torres Novas, para um serviço de proximidade e aumento da qualidade da prestação dos cuidados de saúde.

As Comissões de Utentes do Médio Tejo lançaram também em junho um outro abaixo-assinado reivindicando a abolição de portagens na A23 e A13, e que foi subscrito ao longo daquele mês por 12 mil pessoas.

Os documentos vão ser enviados ao primeiro-ministro e dele será dado conhecimento aos Ministros da Saúde e das Finanças, aos Grupos Parlamentares e Autarquias do Médio Tejo.

hospital abrantes

O Centro Hospitalar do Médio Tejo lamenta o acidente ocorrido na madrugada desta segunda-feira, 23 de julho, que envolveu uma ambulância de transporte de doentes, ao serviço daquele centro hospitalar, e que resultou na morte de um doente.

Em comunicado, a unidade de saúde confirma que a ambulância sinistrada transportava um doente da Unidade Hospitalar de Tomar para a Unidade Hospitalar de Abrantes, solidarizando-se com a dor da família da vítima, à qual manifesta “sentidas condolências”.

“O Centro Hospitalar do Médio Tejo aguarda, por parte das autoridades responsáveis, o apuramento das circunstâncias em que ocorreu este infeliz acidente”, termina o comunicado.

Recorde-se que o acidente envolveu a colisão da ambulância de transporte de doentes com um ligeiro, cerca das 6h43, no nó de saída da Atalaia (A13), tendo provocado ainda ferimentos num dos condutores.

No local estiveram 15 operacionais dos bombeiros de Vila Nova da Barquinha, GNR, Viatura Médica de Emergência Médica (VMER) do Centro Hospitalar do Médio Tejo e elementos da concessionária da A13, a Global Via, apoiados por 5 viaturas.

O trânsito foi restabelecido cerca das 11h20 depois da limpeza de via, da retirada dos veículos acidentados e da recolha de vestígios, bem como a realização do ‘croqui’ do acidente.

sangue dadiva

O Grupo de Dadores Benévolos de Sangue do Concelho de Azambuja vai realizar este domingo, 29 de julho, entre as 9h00 e as 13h00, na Poisada do Campino, em Azambuja, uma recolha de sangue e de angariação de potenciais dadores de medula óssea.

A ação, que conta com a colaboração e supervisão do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, terá como primeiro passo uma pequena colheita, destinada à análise das características do sangue, e no registo dessas características e da identificação do dador na base de dados nacional.

A partir desse registo, o dador poderá ser convidado a efetuar uma dádiva destinada a uma pessoa que precise e com a qual seja compatível.

O grupo apela à participação de todos os associados e sensibiliza a população, em geral, para a necessidade de haver mais dadores e para o slogan do movimento, “dar sangue é dar vida”.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis