chamusca bibliotecatecfresh2018 slide

Saúde

medico consulta

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) abriu esta terça-feira, 31 de julho, concurso para 195 novos médicos de família, 21 dos quais vão exercer funções nos centros de saúde da região.

O presidente da ARSLVT, Luís Pisco, considera que a colocação destes especialistas em Medicina Geral e Familiar terá "um impacto qualitativo significativo na vida de um número considerável de pessoas que só agora poderão usufruir do seu médico de família".

"Esperamos ter famílias mais saudáveis, em estreita ligação com uma equipa de saúde familiar que as acompanha nas diferentes fases da vida. Esta contratação vai permitir uma melhor organização da oferta e procura de cuidados na Região”, reforçou.

Conheça a distribuição dos médicos a contratar por unidade de saúde:

Agrupamento de Centros de Saúde Médio Tejo (8)

Abrantes (2), Constância (1), Ourém (1), Sardoal (2) e Tomar (2).

Agrupamento de Centros de Saúde Estuário do Tejo (5)

Benavente (3) e Azambuja (2)

Agrupamento de Centros de Saúde Lezíria (8)

Almeirim (1), Cartaxo (1), Rio Maior (2), Chamusca (1) e Salvaterra de Magos (3).

medico2

O Hospital Distrital de Santarém e o Centro Hospitalar do Médio Tejo, que engloba os hospitais de Abrantes, Torres Novas e Tomar, foram autorizados a contratar 44 novos médicos de diversas especialidades.

A autorização foi feita através do despacho 7140-D/2018, publicado esta quinta-feira, 26 de julho, com vista a abertura de procedimento concursal para celebração de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado ou de contrato individual de trabalho por tempo indeterminado.

No caso do Hospital de Santarém, serão contratados 22 novos médicos, divididos pelas seguintes especialidades: Medicina Interna (5); Psiquiatria (3); Cirurgia Geral, Gastrenterologia, e Ortopedia, todos com 2 novos profissionais; Anestesiologia, Cardiologia, Medicina Física e de Reabilitação, Neurologia, Oftalmologia, Oncologia, Pediatria Médica e Pneumologia, todos com um novo médico.

Já para o Centro Hospitalar do Médio Tejo, a distribuição destas vagas por especialidade é a seguinte: Medicina Interna (6); Cirurgia Geral, Pediatria e Psiquiatria (2 médicos para cada uma) e Anestesiologia, Cardiologia, Gastrenterologia, Ginecologia/Obstetrícia, Nefrologia, Oftalmologia, Oncologia Médica, Ortopedia, Radiologia e Urologia, com um novo médico cada.

Ao todo, vão ser contratados 856 novos médicos para os hospitais públicos portugueses.

vmer medio tejo

A Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Centro Hospitalar do Médio Tejo foi uma das que recebu um novo compressor cardíaco externo, equipamento que permite aplicar de forma automática, contínua e segura, compressões torácicas a doentes em paragem cardiorrespiratória, no local da ocorrência e durante o transporte até às unidades hospitalares.

A utilização deste equipamento possibilita a realização de compressões torácicas mais eficazes, evitando a fadiga, inconsistências e pausas normalmente associadas às compressões torácicas quando realizadas manualmente, ao mesmo tempo que liberta os profissionais de saúde para a realização de intervenções diferenciadas necessárias nestes doentes.

Ao todo, foram distribuídos um total de 37 compressores cardíacos externos a VMER's e Helicópteros de Emergência Médica.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis