chamusca natalmicromineiro slide

Saúde

mediotejomedicosaces

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Médio Tejo necessita de mais 10 clínicos para que a totalidade os seus 227 mil utentes tenham médico de família.

A informação é avançada pela Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo, depois de uma reunião com a direção deste ACES, que tem, presentemente, um total de 126 médicos mais 33 a fazer o internato, e continua a recorrer à contratação de serviços externos e a horas de serviços médicos.

Segundo a comissão, a situação é mais dramática em Ourém, onde existem cerca de 5 mil utentes sem médico de família, seguindo-se Tomar, com 4.800 utentes, Abrantes, com 4.200, e Sardoal, onde se contam aproximadamente 3.000 utentes sem acesso à chamada medicina familiar.

“No recente concurso nacional foram preenchidas as oito vagas atribuídas, tendo-se verificado que houve um número superior de candidatos a ficar no ACES Médio Tejo”, explicam os representantes dos utentes, que, no entanto, assinalam que “nos recursos humanos, começa a ser preocupante a falta de assistentes operacionais”.

O ACES tem 96 unidades em funcionamento, com mais de 650 trabalhadores.

 diabetesstr

O Núcleo de Estudos de Diabetes Mellitus da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna está a realizar até este sábado, 27 de outubro, no CNEMA, em Santarém, a 13ª edição da sua reunião anual, que tem como objetivo debater estratégias de tratamento para a diabetes.

Na sessão de abertura desta iniciativa dirigida a Internistas e outros profissionais de saúde que trabalham na área da diabetologia, realizada sexta-feira, o vereador com o pelouro da Saúde, da Câmara de Santarém, Ricardo Rato, lembrou a importância da dieta mediterrânica, património imaterial da humanidade pela UNESCO e os alimentos por que é composta, que aliados a um estilo de vida saudável, são potenciadores de um aumento da esperança média de vida.

Ricardo Rato lembrou ainda que a 38ª edição do Festival Nacional de Gastronomia, que se está a realizar até 4 de novembro, em Santarém, tem como temática o azeite, alimento considerado benéfico para a saúde.

A reunião dos especialistas em diabetes conta com um vasto conjunto de sessões que contam com a presença de diversas personalidades de renome nacional e internacional, no âmbito da medicina interna e da diabetologia, para debater temas que vão desde a insulinoterapia em cuidados de saúde primários, ao transplante enquanto terapêutica inovadora, ou à diabetes diagnosticada em grupos especiais de doentes.

hospital abrantes

O Centro Hospitalar do Médio Tejo iniciou uma intervenção  que concretiza o protocolo de prestação de serviços para melhoria das condições de qualidade clínica e segurança do Serviço de Observação da Urgência Médico-cirúrgica do Hospital de Abrantes.

O presidente do Conselho de Administração do centro hospitalar, Carlos Andrade Costa, sublinha “a importância destas obras,  que são prévias à obra de requalificação das urgências,que não poderá avançar antes desta intervenção, e que vão garantir condições de segurança e qualidade clínica a utentes e profissionais”.

A intervenção agora iniciada tem um prazo de duração previsto de dois meses, permitindo que a obra de requalificação possa iniciar na primavera de 2019.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves