chamusca bibliotecatecfresh2018 slide

Saúde

barquinhapasseioalzeimer

O município de Vila Nova da Barquinha vai assinalar o dia mundial da doença de Alzheimer com a iniciativa “passeio da memória”, que se realiza no próximo dia 23 de setembro, a partir das 9 horas.

Esta caminhada pela maracha do Tejo parte do centro cultural da Barquinha, no Largo 1º de dezembro, e tem uma vertente solidária, uma vez que o valor das inscrições (donativo mínimo de 5 euros por participante) reverte a favor da Associação Alzheimer Portugal.

Em 2018, naquele que será a edição comemorativa do 30º Aniversário da Alzheimer Portugal, o “passeio da memória” vai passar por 67 locais de norte a sul do país, incluindo os arquipélagos dos Açores e da Madeira.

A iniciativa, que tem ainda a vertente corrida ou peddy-papper, arranca a 8 de setembro em Torres Novas, terminando a 30 de setembro em locais como Guimarães ou Portimão.

O mapa completo e as inscrições estão disponíveis em www.passeiodamemoria.org.

A empresa municipal Águas de Santarém (AS) tem um projeto para acabar com a descarga direta de esgotos para o rio Tejo no bairro ribeirinho de Alfange.

A informação foi prestada esta quarta-feira a Francisco Cordeiro, eleito do BE na Assembleia Municipal de Santarém, que em fevereiro tinha denunciado esta ilegalidade e que foi ontem recebido na sede da empresa.

O dirigente bloquista lamentou, contudo, a demora na solução de um problema que era do conhecimento da autarquia há pelo menos 6 meses, após a denúncia do BE numa Assembleia Municipal.

“Reconhecemos que há um esforço, mas não podemos também esconder a tristeza por sabermos que as habitações do bairro ribeirinho de Alfange não estão ligadas à rede de saneamento e que assim vão continuar”, disse, citado pela agência Lusa.

Saudando a forma esclarecedora como decorreu a reunião e a abertura por parte dos responsáveis da Águas de Santarém às propostas apresentadas pelo partido, nomeadamente para melhoria da comunicação e sensibilização da população, o dirigente bloquista afirmou que o BE “vai continuar atento”.

NOTÍCIA RELACIONADA:

Bloco denuncia descargas de esgoto para o rio Tejo em Santarém

old ultima hora

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) emitiu esta quarta-feira, 22 de agosto, um alerta sobre a qualidade da água do rio Tejo, na albufeira de Fratel, no distrito de Portalegre, que registou valores de oxigénio abaixo do limite mínimo, com riscos para a sobrevivência da fauna piscícola.

"Os valores registados para o parâmetro oxigénio dissolvido têm vindo a decrescer para valores inferiores ao limite mínimo de qualidade (cinco mg/l) [miligramas por litro] potenciando riscos para a subsistência e a sobrevivência da fauna piscícola", refere uma nota divulgada pela APA, citada pela agência Lusa.

Perante o agravamento da qualidade da água do rio, a APA comunicou hoje com a Dirección General del Agua, de Espanha, para "serem adotadas medidas de gestão de caudais a montante, na parte espanhola da bacia, que contribuam de forma efetiva para reduzir o risco de degradação da qualidade da água".

A entidade tutelada pelo Ministério do Ambiente refere também que as previsões de temperaturas elevadas para o distrito de Castelo Branco "poderão determinar a ocorrência de 'blooms' algais e assim também contribuir negativamente para a degradação da qualidade da água" do rio.

Para já desconhecem-se mais informações, nomeadamente a qualidade da água na parte do rio que atravessa o distrito de Santarém.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis