chamusca appmicromineiro slide

Saúde

santaremhospitaljornadaspsiaq

As primeiras jornadas de saúde mental “Arte & Inclusão” vão realizar-se no próximo dia 9 de fevereiro, entre as 9 e as 18 horas, no teatro Sá da Bandeira, em Santarém, organizadas pelo Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Hospital Distrital de Santarém (HDS) e pela Direção Geral da Saúde.

Esta iniciativa está integrada no projeto "INcluir - OficINas para todos e para cada um", dinamizado pelo departamento de psiquiatria do HDS, com o objetivo de promover a interação entre os cidadãos, combater a exclusão social e o estigma da doença mental.

Ao longo do ano de implementação do projeto, “foi realizado um estudo de investigação em parceria com as escolas superiores de Saúde e de Gestão do Instituto Politécnico de Santarém (IPS), cujos resultados serão apresentados nestas jornadas, com um enfoque especial no impacto do projeto “INcluir” na diminuição do estigma da doença mental na comunidade.

Neste dia, será ainda lançado um livro em banda desenhada, com histórias de vida dos participantes das oficinas, intitulado “INcluir - 26 Histórias de Banda Desenhada”.

chmtnovosmedicos

No início de 2018, o Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) deu as boas vindas a 42 novos médicos internos que já iniciaram funções, 30 do ano comum e 12 de formação específica,

Os internos da especialidade integrarão os serviços de Medicina Interna, Cirurgia Geral, Nefrologia, Patologia Clínica, Psiquiatria e Pediatria, explica uma nota de imprensa do CHMT, que acrescenta que, este ano, as três unidades que o compõem vão formar mais seis médicos que em 2017.

Na sessão de acolhimento, que decorreu na unidade hospitalar de Torres Novas, o presidente do Conselho de Administração, Carlos Andrade Costa, deu as boas vindas aos novos médicos e pediu-lhes “perseverança, boa disposição e sentimento de pertença a esta casa”.

O responsável sublinhou ainda o facto de “estes novos médicos terem voluntariamente escolhido fazerem o seu internato no CHMT”, destacando ainda o facto de voltar a ter um interno para o serviço de cirurgia geral, o que já não acontecia há muito tempo.

esclerose multipla

A Delegação da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM ) de Santarém realizou no sábado, 13 de janeiro, no auditório da Liga dos Amigos do Hospital de Santarém, uma palestra que abordou a forma “Como a esclerose múltipla muda a nossa vida”.

A cerimónia contou com a participação de Jorge Ferreira, Presidente da SPEM; Cristina Barata, Dora Ferreira e Susana Carvalho, da Delegação de Santarém da SPEM; e Inês Barroso e Maria Elisabete Filipe, respetivamente vereadora e chefe de Divisão Ação Social e Saúde da Câmara de Santarém.

Inês Barroso aproveitou a a oportunidade para lembrar que o município de Santarém está a realizar um estudo sobre indicadores de saúde e seus determinantes, em parceria com o Hospital Distrital de Santarém, o ACES Lezíria e a Escola Superior de Saúde de Santarém, na perspetiva de elaborar um instrumento de trabalho, que sendo complementar aos existentes, servirá de suporte para definir estratégias de desenvolvimento locais de saúde e desenvolver programas e projetos adequados às necessidades em saúde.

A Esclerose Múltipla é uma doença crónica, inflamatória e degenerativa, que afeta o Sistema Nervoso Central, que surge, frequentemente, entre os 20 e os 40 anos de idade, entre os jovens adultos, e que afeta, com maior incidência, as mulheres.

Santarém: Carnaval Escolar