banner rederegional casaPiaavisan2018

hospital santarem

O Hospital Distrital de Santarém (HDS) tem a decorrer um processo urgente de contração de médicos cardiologistas para, de forma a evitar que a unidade coronária volte a encerrar devido a falta de especialistas, como ocorreu em vários dias das últimas semanas.

Segundo a agência Lusa, que cita a presidente do Conselho de Administração do HDS, Ana Infante, os problemas têm sido minimizados com o apoio dos cardiologistas da região nesta fase de grande dificuldade, mas o problema é real e já existia quando a atual administração tomou posse, em julho deste ano.

Nas declarações à Lusa, a administradora garante que, “em situação alguma”, está “comprometido o tratamento de doentes cardíacos”, e explicou que o encerramento, este mês, da Unidade Coronária do Serviço de Cardiologia se deveu à saída de “mais um cardiologista” e à entrega, por outro, do requerimento para suspender a prestação no serviço de urgência (por ter mais de 55 anos, de acordo com a legislação).

A atual equipa de cardiologistas está assim reduzida a dois especialistas com tempo completo (40 horas), cinco com meio-tempo e cinco internos de especialidade (que não são autónomos para realizar o Serviço de Urgência).

A contração urgente de médicos cardiologistasdecorre com o apoio da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo mas ainda não é possível saber quando é que estes profissionais estarão disponíveis para iniciar funções.

Simulacro da Proteção Civil no Entroncamento - Fotos: José Neves